Conceito.de

Conceito de activo

Escutar o artigo

Activo é um termo cuja raiz etimológica reside no latim actīvus. Trata-se de um substantivo que se usa na área da economia e das finanças ou de um adjectivo que se pode usar em múltiplos contextos.

activo
Quem pratica atividades físicas é classificado como alguém activo

Enquanto substantivo, é considerado activo um bem ou um direito que dispõe de valor financeiro, o qual se encontra sob a propriedade de uma pessoa ou de uma empresa. Os activos são registados nos balanços, formando aquilo que se tem.

Existem diversos tipos de activos, como o activo fixo, o activo circulante, o activo funcional ou o activo intangível. Pode-se dizer que estes activos são os recursos que permitem a obtenção de ganhos.

Entre os activos de uma pessoa endinheirada, pode haver duas casas, três automóveis, uma motocicleta, um iate e acções de uma empresa. Como se pode observar, os activos estão relacionados com a riqueza.

Activo e passivo

É importante estabelecer que dentro do sector da economia, sempre que se fala de activo, vindo irremediavelmente à mente o conceito de passivo, que se define como sendo o conjunto de dívidas que possui uma empresa e que estão relacionadas com terceiros, daí que sob essa designação se incluam os salários aos trabalhadores como os empréstimos bancários que se possui, o pagamento aos fornecedores…

Regra geral, os passivos podem ser divididos em dois grandes grupos: os não exigíveis e os exigíveis.

O conceito de activo, por outro lado, pode ser usado enquanto adjectivo. A nível geral, algo activo é aquilo que actua (no sentido de fazer) ou que está em condições de actuar. A partir desta ideia, o termo pode ser usado de diversas maneiras.

Muitas vezes, associa-se a noção à realização de actividades. Uma pessoa activa é aquela que leva a cabo diferentes tarefas e acções: de manhã, vai trabalhar, no início da tarde, faz exercício físico, depois estuda e, à noite, dá apoio à sua família, só para citar um caso.

No plano da sexualidade, é considerado activo o sujeito que penetra a outra pessoa (que, deste modo, passa a ser a passiva).

Neste âmbito há que realçar que também se pode utilizar para definir essa pessoa que, independentemente de penetrar ou não a sua parceira sexual, seja aquela que mais toma a iniciativa, aquela que propõe e que executa. Frente a essa pode encontrar-se o passivo, que é o adjectivo com o qual se tenta definir quem prefere deixar-se levar pelo parceiro, gosta que o outro “tome as rédeas”.

No Brasil, o termo usado tendo os mesmos conceitos de activo é “ativo”, com a retirada da letra “c”, por exemplo: “os ativos que a empresa possui têm um valor elevado”.

Ativo circulante

conceito de activo
Quando se fala em activo ou ativo, o termo também diz respeito aos ativos financeiros

É aquele que possui uma liquidez maior, em outras palavras, o ativo circulante (ou activo circulante) pode ser convertido em dinheiro de modo mais rápido. Esse ativo nas empresas é ainda conhecido como capital de giro.

Dentre os ativos que se pode classificar como circulantes há: o dinheiro que uma empresa tenha em caixa, as contas que há para receber, os estoques ali, sua matéria-prima, os depósitos bancários, suas mercadorias também, entre outros.

Ativo não circulante

ativos não circulantes são os que ficam por mais tempo numa empresa, onde os mesmos respondem pelo funcionamento da mesma. E esse tempo de permanência é maior também por conta da liquidez deles, que é menor. E esses ativos ainda podem ser classificados em intangíveis, imobilizados, investimentos e realizáveis a longo prazo. Desse modo, a conversão desses ativos e dinheiro acontece no médio ou longo prazo.

Gestão de ativos

A gestão de ativos, por outro lado, é quando se realiza diferentes ações, de maneira organizada, com o objetivo de extrair valor dos ativos que uma organização possui.

Para a realização dessa gestão dos ativos, o gestor de ativos ou o administrador da empresa, analisa o balanceamento de custos, também as oportunidades e riscos relativos ao desempenho esperado pelos mesmos a fim de que a empresa conquiste seus objetivos.

Os passivos, que são as obrigações da empresa, podem gerar ativos novos para uma organização, isso quando essa organização vai atrás de capitais de terceiros, a exemplo das dívidas contraídas com os fornecedores.

Mas os investimentos feitos por uma empresa se configuram no exemplo mais comum de passivo, que é quando uma empresa compra a participação de outra empresa, por exemplo.

Ativo e desativo

Por fim, “ativo” é ainda usado como antônimo de “desativo” e nesse caso o termo pode ser usado em diferentes contextos, veja a seguir alguns exemplos:

– Quando alguém usa um aplicativo para celular que criar um alarme, essa pessoa pode manter o alarme ativo (ligado) ou o desativar (assim ele não soará no horário marcado);

– Uma pessoa pode usar esse termo para referir a si mesma realizando uma ação: “quando eu ativo essa função no computador ele fica mais lento”, “mantenho esse recurso ativo por quanto tempo?”.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (14 de Julho de 2017). Conceito de activo. Conceito.de. https://conceito.de/activo