Conceito de passivo


Nov 05, 12

Passivo é um adjectivo que deriva do termo latim passīvus e que admite diferentes acepções. Uma pessoa passiva é aquela que não faz coisas por si mesma, e que deixa isso para os outros. Por exemplo: “Não posso crer que o João seja assim tão passivo e deixe que o insultem dessa forma!”, “A verdade é que o meu irmão é bastante passivo: é sempre o meu pai que acaba por tomar as decisões por ele”.

O sujeito que recebe a acção do agente e que não coopera com ela também é considerado passivo: “Consideramos que o acusado é o responsável passivo da situação já que, embora não tenha tido intenção danosa, não se pode obviar a sua actuação a esse respeito”.

Entende-se por voz passiva, na linguística, a voz verbal em que o sujeito tem o mesmo papel em relação ao verbo principal que o objecto da voz activa. O sujeito que assim o seria na activa passa a ser objecto directo na passiva, ou seja, sofre algum efeito da acção.

Em termos contabilísticos, o passivo é o valor monetário das dívidas, das obrigações e dos compromissos afecto a uma pessoa, uma empresa ou uma instituição. O passivo, à semelhança do activo, consta nos balanços.

A noção de passivo também é usada no contexto da sexualidade para fazer alusão à pessoa que, no seio de uma relação homossexual, é penetrada pelo outro sujeito. O papel do indivíduo passivo tende a ser de submissão durante o acto sexual, uma conduta que se pode estender para outros campos da vida de casal.