Conceito.de

Conceito de astenia

A palavra grega “asthéneia”, que pode ser traduzida como “fraqueza”, chegou à nossa língua como astenia. O conceito é utilizado no campo da medicina para nomear a situação que uma pessoa passa quando, devido à fadiga, apatia ou outra causa, não tem energia.

Pode-se considerar que a astenia é um sintoma de diferentes problemas de saúde. É um sentimento de fraqueza, que pode ser físico e/ou psicológico e que afeta principalmente pessoas com mais de vinte e menos de cinquenta anos.

A astenia pode ter várias causas. O desenvolvimento de uma atividade diária muito intensa, depressão ou distúrbios do sono são razões funcionais que podem causar o aparecimento de astenia.

Também podem ocorrer causas orgânicas que levam à astenia, como hipotireoidismo, glicólise, doença celíaca e anemia. Mesmo uma intoxicação, uma infecção e até mesmo as alterações hormonais que a gravidez provoca são capazes de gerar uma astenia.

Os sintomas de astenia são fadiga, sentimentos de exaustão, falta de motivação e problemas de memória e concentração. Por outro lado, a pessoa afetada pode perder o apetite e sofrer inconvenientes em sua vida sexual devido à ausência de desejo.

Ao contrário do que acontece com a fadiga comum, a astenia não é revertida somente com o descanso. Como muitas vezes aparece associada a uma doença (como câncer, tuberculose ou mononucleose, entre outras), para revertê-la é necessário tratar a doença principal, já que esta é a sua origem.