Conceito.de

Conceito de disfagia

A disfagia é a dificuldade ou impedimento de engolir. Esse verbo, por sua vez, se refere aos movimentos involuntários e voluntários que permitem que um elemento que está na boca passe para o estômago.

A disfagia é, portanto, um distúrbio que dificulta a ação de comer. Esse problema geralmente surge de uma doença do esôfago ou de um órgão ao seu redor, embora as causas possam ser diversas.

Se a pessoa tem problemas para que os alimentos passem da boca e da faringe para o esôfago, isso é chamado de disfagia orofaríngea. Em vez disso, se a dificuldade for registrada na descida do alimento pelo esôfago, o distúrbio é conhecido como disfagia esofágica.

A disfagia pode incluir dor ao engolir, engasgamento, baba, mastigação extensa, pigarro, incapacidade de fechar os lábios e até mesmo rejeição ou expulsão dos alimentos pela língua. Para determinar sua origem, o médico pode utilizar diversos estudos, como uma manometria esofágica, uma radiografia ou uma esofagogastroduodenscopia.

Câncer, doença de Parkinson, acidente vascular cerebral (AVC), refluxo gastroesofágico, problemas da glândula tireoide, esclerose lateral amiotrófica (ELA), doença de Alzheimer e amigdalite são possíveis causas de disfagia. É importante descobrir a patologia de origem para definir o tratamento, que pode incluir mudanças na dieta, medicamentos ou cirurgia.

No nível da dieta, geralmente é sugerido que o paciente não ingira álcool ou alimentos picantes e que modifique a consistência dos alimentos e bebidas para favorecer a deglutição e, assim, minimizar a disfagia.