Conceito.de

Conceito de fadiga

Escutar o artigo

Fadiga é a condição de uma pessoa que se encontra exausta, não tendo energia para realizar suas atividades. Essa pessoa então possui uma necessidade grande de poder descansar.

fadiga
A fadiga é a condição de quem encontra-se cansado

É comum que a fadiga existe depois que um indivíduo tenha realizado atividades físicas ou após ter se submetido a uma situação estressante por um período longo, por exemplo. Mas ainda pode ser uma condição de quem teve o sono privado.

Uma pessoa com fadiga não consegue realizar suas atividades profissionais ou do dia a dia ou, quando as consegue realizar, não sente prazer fazendo isso ou também pode não conseguir realizá-las com qualidade.

Fadiga normal e fadiga anormal (indicativo de doença)

Quando uma pessoa realiza alguma atividade física e se sente cansada, isso é algo normal, sendo uma fadiga resultante da prática dessa atividade. Do mesmo modo é quando um funcionário passa horas na empresa e ainda faz hora extra, independente do trabalho de execute, podendo se sentir muito cansado depois.

Mas quando a fadiga é algo que não possui relação com a prática de atividades físicas, trabalho ou que é resultado de realizar uma atividade que antes não causava esse cansaço, esse pode ser o indicativo de alguma doença.

Uma pessoa que tenha diabetes, por exemplo, pode sentir fadiga, isso ocorre devido a glicose no sangue não ir para todas as células, o que causa baixa de energia para o corpo conseguir desempenhar suas funções adequadamente.

A fadiga que não é normal pode ser causada ainda por um estilo de vida com sedentarismo, devido ao abuso de álcool, uso de drogas, pelo uso de certos medicamentos como antidepressivo, anti-histamínicos, entre outros.

Também sobre ela, a mesma pode ocorrer como a resposta a alguma das doenças ou condições a seguir:

– Anemia;

– Infecções;

– Desnutrição;

– Apneia do sono;

– Doenças cardíacas;

– Diabetes;

– Câncer;

– Enfisema;

– Problemas na tireoide;

– Entre outras doenças ou condições.

Fadiga muscular

Chama-se de fadiga muscular a fadiga que é ocasionada pela realização de constantes e intensas atividades físicas. Por exemplo: quando uma pessoa usa muitos pesos para os exercícios e ainda não possui um intervalo para descanso entre as séries de exercícios.

O musculo que realizou o trabalho em excesso pode ficar cansado e até mesmo dolorido. E essa fadiga pode ainda ser classificada em:

Fadiga muscular periférica: quando todo o corpo sofre com o cansaço e a falta de disposição;

Fadiga muscular central: quando uma área em específico sofre com a falta de força, sendo geralmente no músculo que foi afetado.

Fadiga crônica

Já a fadiga crônica é caracterizada pelo cansaço que pode ser causado em especial no ambiente profissional. Profissionais de diversas áreas podem ser diagnosticas com esse tipo de condição, devido a estresse excessivo no dia a dia.

Mas a fadiga crônica ainda pode ter relação com problemas no âmbito pessoal, como relacionamentos.

Essa fadiga costuma durar pelo menos um semestre e consegue deixar a pessoa incapacitada. Desse modo, o indivíduo não consegue realizar normalmente as atividades que anteriormente o fazia, sendo que essa condição ainda poderia contribuir com a depressão.

Essa fadiga é ainda conhecida como encefalomielite miálgica ou doença sistêmica de intolerância ao esforço.

Fadiga mental

conceito de fadiga
O desgaste mental também causa fadiga

Chama-se de fadiga mental aquela que é resultante de um desgaste mental, sendo causado por horas realizando atividades intelectuais. Quando uma pessoa lida com atividades assim ela se encontra exposta a um vasto conteúdo informativo, o que pode bombardear o cérebro e causar esse cansaço.

Alguns exemplos de atividades que causariam uma fadiga mental são: passar horas estudando ou lendo, ficar por horas navegando na internet ou acompanhando notícias, entre outras coisas. Quando um profissional fica concentrado por horas num mesmo trabalho intelectual isso pode também lhe causar fadiga.

E dentre os demais sintomas que isso pode causar há: irritabilidade, cansaço, dores, dificuldade de concentração, entre outras.

Fadiga sensorial

Essa fadiga se trata da que compreende os órgãos sensoriais, tais como ouvidos e olhos. Desse modo, quando há uma fadiga ocular ou uma fadiga auditiva (ambas causadas pelo uso sem descanso de tais órgãos), elas se caracterizam como fadigas sensoriais.

Fadiga adrenal

Essa fadiga acontece quando uma pessoa é submetida a situações de elevado estresse físico ou emocional, contudo o corpo não é capaz de lidar com esses níveis de estresse, tendo como resultado a disfunção das glândulas adrenais, as quais integram o sistema endócrino.

A fadiga adrenal geralmente dura por muito tempo e ainda pode ser considerada como uma condição patrológica.

Fadiga de verão (natsubane)

Já a fadiga de verão, conhecida pelo nome japonês natsubane, se trata da fadiga que acontece quando uma pessoa é submetida a altas temperaturas.

Nos dias mais quentes do ano, é comum que as pessoas fiquem mais desidratadas e haja excesso de transpiração, o que pode provocar o cansaço demasiado, além de problemas como irritabilidade, falta de concentração e indisposição.

Citação

SOUSA, Priscila. (27 de Outubro de 2022). Conceito de fadiga. Conceito.de. https://conceito.de/fadiga