Conceito.de

Conceito de balança

A palavra latina “bilanx” derivou em “bilance” e, depois, no castelhano “balanza” que chegou ao Português como “balança”. O conceito alude ao dispositivo que é usado para calcular o peso das coisas.

Por exemplo: “Meu nutricionista recomendou que eu comprasse uma balança para que eu possa avaliar a evolução do meu peso”, “O verdureiro me disse que ele tem a balança descalibrada”, “O pugilista russo subirá às balanças hoje à noite”.

Existem vários tipos de balanças que permitem pesar elementos com características muito diferentes. As balanças, em particular, medem a massa dos corpos: a quantidade de matéria que eles têm. O quilograma é a unidade de massa do Sistema Internacional de Unidades.

Embora haja diferenças entre peso e massa, na linguagem cotidiana, ambas as noções são usadas como equivalentes. Portanto, embora a balança revele a massa de algo, é dito frequentemente que informa seu peso.

A precisão das balanças varia de acordo com seu uso. Em um açougue, para mencionar um caso, basta que a balança trabalhe com precisão de gramas. Assim, o açougueiro pode vender dois quilos de costelas (costeletas) ou duzentos gramas de carne picada. Em contraste, em um laboratório, será necessária uma balança com precisão de miligramas para preparar os medicamentos com suas proporções exatas.

No campo da economia, se conhece como balança certos registros que permitem comparar o estado das entradas e saídas de dinheiro. A balança comercial, nesse contexto, reflete a comparação entre as exportações e as importações de um país, enquanto a balança de pagamentos compara os pagamentos e os encargos externos de uma determinada economia.