Conceito.de

Conceito de peso molecular

Do latim pensum (“pesar”), o peso é a força com que a Terra atrai um corpo. O termo também é usado para fazer referência à magnitude (grandeza) dessa força. A massa, por outro lado, é a grandeza física que expressa a quantidade de matéria contida num corpo.

Essa é a diferença entre o peso e a massa. A massa não depende da posição do corpo no espaço nem da gravidade (a força). O quilograma e o newton são as unidades no sistema internacional de unidades do peso e da massa, respectivamente.

Esta distinção entre ambos os conceitos resulta no facto de a noção de peso molecular ser imprecisa. É mais correto falar de massa molecular, que é uma grandeza que se mede em unidades de massa atómica (uma).

Convém destacar que uma molécula é a partícula mais pequena que apresenta todas as propriedades físicas e químicas de uma substância, formada por um ou mais átomos.

Posto isto, a massa molecular é o resultado da soma das massas atómicas dos elementos que formam uma molécula. Neste sentido, a massa molecular relativa indica quantas vezes a massa de uma molécula de uma substância é maior que a unidade de massa atómica (massa-padrão).

Como um exemplo de molécula temos algo que está no dia a dia de praticamente todos que é a água, sendo ela composta por dois hidrogênios e por um oxigênio. Logo, se quisermos saber qual é a massa de uma molécula de água, então basta que pensemos no peso de cada componente que faz parte dela, ou seja, deve-se pensar quanto pesa cada hidrogênio e quanto pesa o oxigênio de seu composto, usando em seguida a tabela periódica para termos essa base para realizar o cálculo.

Assim, para calcular o peso molecular, é necessário considerar a fórmula molecular do composto e os pesos atómicos dos elementos que o compõem, e multiplicar cada peso atómico pelo índice que corresponde ao elemento com base na sua fórmula molecular.

É importante esclarecermos também sobre massa molecular e massa fórmula. Há casos em que se usa o termo massa molecular quando na realidade o termo correto seria usar o termo massa fórmula.

O termo massa molecular é usado para a massa de uma molécula, em outras palavras, esse termo descreve as espécies químicas que são eletricamente neutras onde os átomos ligam-se através de ligações que são covalentes (tendo compartilhamento de elétrons). Mas quando ele é usado para se referir a massa de fórmulas unitárias de espécies que são formadas através de ligações iônicas (essas tendo transferência definitiva de elétrons), então é usado o termo “massa fórmula” ao invés do termo “massa molecular”.

As moléculas constituem-se por átomos que são ligados por meio de ligações que podem ser iônicas ou podem ser convalescentes. E a massa dessa molécula tem resultado igual à soma dos átomos que lhe formam, logo, para se conseguir a massa molecular, somam-se as massas dos átomos que existem na fórmula das substâncias.