Conceito.de

Conceito de biorremediação

O termo biorremediação tem sua origem na palavra inglesa “bioremediation”. O conceito faz referência ao uso de microrganismos para tratar uma substância ou recuperar condições ambientais.

Como a palavra sugere, a biorremediação atrai os organismos vivos para remediar um evento. Bactérias, fungos e até mesmo certas plantas podem absorver e degradar os poluentes, limpando assim o solo, a água ou o meio ambiente em geral. A biorremediação ajuda a natureza a superar um desequilíbrio e, assim, recuperar um ecossistema que sofreu algum tipo de dano devido à contaminação.

O objetivo da biorremediação, portanto, é reverter uma situação em que a presença de contaminantes alterou as características naturais do meio ambiente. Com o uso de microrganismos é possível combater a contaminação que, a priori, fica inacessível: por exemplo, um derramamento de óleo que entrou no solo e que poderia afetar o lençol freático. Cavar, neste caso, seria mais caro e complexo do que usar a biorremediação.

Em um derramamento deste tipo podem ser adicionados adubos com sulfatos ou nitratos que promovem a reprodução de bactérias. Esses microrganismos ajudam a decompor o petróleo bruto.

Processos de biorremediação podem ser monitorados através de controle de pH, potencial redox, nível de oxigênio ou temperatura, entre outros parâmetros a serem monitorados. A especialidade que impulsiona esses processos e exerce sua supervisão é a biotecnologia (a área de tecnologia que utiliza recursos biológicos).