Conceito.de

Conceito de bipartidarismo

É conhecida como bipartidarismo a estrutura política na qual dois partidos principais competem pelo poder. Este tipo de sistema significa que os partidos minoritários ficam excluídos.

Com o bipartidarismo, uma parte acede ao governo obtendo a maioria dos votos, enquanto outra parte se torna a oposição oficial alcançando o segundo lugar nas preferências dos eleitores. As restantes partes, por outro lado, ficam sem representação legislativa ou com uma representação muito limitada.

A existência do bipartidarismo significa que as duas principais coalizões políticas recebem toda a atenção da mídia e monopolizam o debate político. Como consequência, as outras expressões políticas não ganham espaço para difundir suas ideias e comunicar suas propostas. Por extensão, na época das eleições, os partidos menores recebem poucos votos e, assim, o sistema bipartidário é perpetuado.

Em geral, o bipartidarismo opõe duas posições políticas antagônicas, como liberal contra conservadores ou esquerda contra direita. De qualquer forma, atualmente é comum que as ideologias dos partidos não sejam tão rigorosas e que todas as coalizões acabem competindo pelo mesmo eleitor.

Um exemplo de bipartidarismo encontra-se nos Estados Unidos. Lá, o Partido Republicano e o Partido Democrata vão sucedendo no poder. Nas eleições presidenciais de 2012, para citar um caso, o candidato do Partido Democrata (Barack Obama) ganhou 51,07% dos votos, enquanto o candidato do Partido Republicano (Mitt Romney) chegou a 47,21%. Por outro lado, nenhum dos candidatos dos partidos minoritários chegou a 1%, ratificando o marcado bipartidarismo da estrutura política dos EUA.