Conceito.de

Conceito de cetro

O vocábulo grego “skêptron” chegou ao latim como “sceptrum”, que em nossa língua se transformou em cetro. Um cetro é um elemento feito de materiais preciosos ou valiosos que é usado como emblema e constitui um símbolo de poder ou autoridade.

Cetros são bastões, geralmente empregados por reis ou imperadores. É um atributo dos governantes que é usado há milhares de anos, de acordo com as descobertas da arqueologia.

Um cetro geralmente consiste em um bastão ou uma vara com várias ornamentações, que na extremidade superior apresenta uma figura simbólica. Existem cetros de ouro, cetros de prata e outros feitos com materiais diferentes.

A partir do simbolismo desse objeto, a ideia de cetro é usada com referência à dignidade de um governante ou à supremacia que é exercida em uma determinada área. Por exemplo: “O tenista sérvio conseguiu recuperar o cetro vencendo a final”, “O boxeador filipino defenderá o cetro no próximo mês”, “O cetro da liga nacional será jogado entre o Club Atlético Piedras Rojas e o Deportivo Santa Regina”.

O cetro, nesse âmbito, pode mencionar um domínio ou uma hegemonia. Vejamos o caso do mercado de café. O principal produtor mundial é o Brasil, que concentra pouco mais de 30% da produção global, de acordo com dados de 2015. Atrás está o Vietnã com 19% e a Colômbia com 9%. Considerando esses números, pode-se dizer que o Brasil tem o cetro da produção de café: domina o mercado em termos de produção.