Conceito.de

Conceito de hegemonia

Escutar o artigo

Hegemonia é o mesmo que supremacia, sendo um termo que designa a preponderância de um povo sobre outros. É por meio da hegemonia que um país tem supremacia sobre os demais, se convertendo num Estado soberano.

hegemonia
A hegemonia se caracteriza pela supremacia de um povo em relação a outros

A palavra hegemonia tem a sua origem no grego “egemonía”, que possui o significado de supremacia entre povos ou entre nações. Esse termo passou a ser usado na política através das concepções do político e intelectual Lênin (Vladimir Ilyich Ulianov), contudo esse conceito seria moldado devido aos estudos do filósofo marxista Antonio Gramsci.

Tempos mais tarde, outros políticos e teóricos como Ernesto Laclau e Chantal Mouffe trariam questões essenciais para ampliar a ideia gramsciana e fazer uma análise do desenvolvimento das disputas hegemônicas no espaço social do chamado capitalismo tardio.

Mas para que o processo de hegemonia seja construído, Gramsci defende que os meios de comunicação são instrumentos de suma importância para tal, sendo alguns exemplos: os sindicatos, as escolas, as igrejas, entre outros. Desse modo, por meio de tais meios se gera então o consenso para que aconteça essa que é conhecida como a hegemonia.

Filósofos, pensadores e também intelectuais que aderem ao marxista creem que a hegemonia seja algo essencial para analisar as relações internacionais.

História da hegemonia

A hegemonia se deu na Grécia Antiga, na época em que três cidades se destacavam das demais, sendo essas: Atenas, Esparta e Tebas. Foi então que houve a invasão da Grécia pelo rei da Macedônia, tendo feito aliança com outros países a fim de fazer a derrubada da hegemonia marítima que pertencia a Grécia detinha, com a Macedônia agora conquistando hegemonia político-militar.

E ainda sobre isso, na Grécia Antiga na confederação se caracterizava numa patente a hegemonia de um Estado. Contudo, os casos em que havia hegemonia se tratavam de situação onde havia instabilidade, tendo em vista que os mesmos possuíam curta duração (geralmente até o momento em que houvesse o ataque ao Estado hegemônico fosse por outros Estados.

Quando se fala em hegemonia no tocante as relações internacionais, isso se trata de algo comum. E nesse sentido o seu conceito remete à quando um Estado domina sobre outros, podendo isso ser de forma física ou intelectual, por exemplo.

Um exemplo de hegemonia é descrito no caso dos Estados Unidos e o seu posicionamento internacional.

Depois que a Guerra Fria resultou na extinção da União Soviética, os Estados Unidos passaram por um considerável desenvolvimento em sua tecnologia, o que resultou no aumento do poder econômico desse país e na melhora da sua proeminência no mercado internacional.

Desse modo, por meio da constante exposição das ideias que a classe dominante expõe sobre as demais, as ideias que são apresentadas, por meio da hegemonia, acabam moldando o modo de pensar das demais classes.

Características da hegemonia nas relações internacionais

conceito de hegemonia
A hegemonia só pode ocorrer se houver consentimento pelos dominados

No que diz respeito às relações internacionais, se traduz numa situação de hegemonia quando existe uma enorme assimetria em prol do Estado, onde o mesmo possui capacidades suficientes para se impor de maneira sistemática perante os concorrentes, quando existe a capacidade de controle ao acesso das matérias-primas, capital, mercado e recursos naturais, também quando esse Estado se diferenciam dos demais provendo educação e segurança e apresenta uma ideologia que os outros aceitam e quando esse possui vantagens competitivas para produzir bens de elevado valor agregado.

Mas para que essa supremacia prossiga, cabe que a mesma se sustente de forma regular pelos grupos dominantes e também que haja consentimento por parte dos que são dominados.

Hegemonia cultural

Dá-se o nome de hegemonia cultural para o destaque de uma cultura sobre outras culturas. Contido, isso não quer dizer que se trata de uma cultura que seja superior as demais, senão que a mesma é a mais seguida se comparada com as demais, sendo impactante para as mesmas e, em certos casos, pode também gerar alterações em outras culturas. E aqui um dos exemplos mais conhecidos é o da cultura americana, que impactou a cultura de vários países do ocidente.

Hegemonia mundial

No que diz respeito a história política, a hegemonia mundial se trata da supremacia de um povo sobre os demais. E essa, ao longo dos anos, passou por várias modificações, com muitos impérios tendo aderido a mesma, como foi o caso do Império Persa, do Mongol e do Romano.

Sobre essa hegemonia mundial, os Estados Unidos aplicam a sua no mundo desde o século XX.

Atualmente, em boa parte das situações, as grandes potências do mundo realizam uma influência por meio pacíficos, se utilizando de instrumentos políticos. Contudo, ainda assim pode haver conflitos armados em certos locais.

Mas é importante frisar que a hegemonia não se trata de uma ação partidária, mas é uma ação de classe, tendo em vista que isso se traduz no exercício do poder por um grupo de pessoas que pertencem a uma dada classe social.

Citação

SOUSA, Priscila. (2 de Novembro de 2022). Conceito de hegemonia. Conceito.de. https://conceito.de/hegemonia