Conceito.de

Conceito de ciências biológicas

As ciências biológicas são aquelas que se dedicam ao estudo da vida e dos seus processos. Trata-se de um ramo das ciências naturais que estuda a origem, a evolução e as propriedades dos seres vivos.

Estas ciências, que também se agrupam sob a denominação de biologia, analisam as características dos organismos individuais e das espécies em conjunto, estudando as interações entre eles e com o entorno, isto é, o meio.

Existem múltiplas disciplinas que pertencem ao âmbito das ciências biológicas, como a anatomia, a botânica, a ecologia, a fisiologia, a genética, a imunologia, a taxonomia e a zoologia. Entre estas ciências, há duas que se destacam: a botânica (a ciência que se dedica ao estudo das plantas) e a zoologia (dedicada ao estudo dos animais). Ambas constituem os principais ramos da biologia, ao passo que a medicina é a ciência dedicada à vida, à saúde, às doenças e à morte dos seres humanos e é considerada como sendo parte das ciências da saúde.

As ciências biológicas têm demonstrado que toda a forma de vida é composta por células baseadas numa bioquímica comum. Os organismos utilizam o material genético para transmitir os seus caracteres hereditários, presente no ADN. Estes princípios baseiam-se na existência de um antepassado comum a todos os seres vivos que tenha seguido um processo de evolução (por isso, os organismos biológicos partilham processos similares).

A unidade básica do material hereditário é o gene, o qual é formado por um fragmento do ADN do cromossoma que codifica uma proteína.

A formação em ciências biológicas é indicada para aqueles que querem estudar todos os aspectos que possuem relação com os seres vivos, pesquisas genéticas, processos biológicos, análise de microrganismos e também a conservação dos recursos naturais.

O profissional pode atuar lecionando, através de uma licenciatura, podendo dar aulas para estudantes do ensino médio e fundamental, assim como também aos do ensino técnico (sendo professor de biologia). E há a modalidade de formação em bacharelado que proporciona uma formação mais abrangente, podendo o formando dedicar-se a áreas de pesquisa, em órgãos de saúde pública (realizando, por exemplo, pesquisas sobre microrganismos que causem doenças), em zoológicos e reservas, em indústrias, etc.

São diversas as áreas em que alguém com formação em ciências biológicas pode atuar, alguns exemplos são:

– A biotecnologia: onde o profissional atua como biólogo realizando a manipulação de organismos vivos em laboratório, tendo isso diversas finalidades, tais como para a indústria alimentícia (um exemplo é a biotecnologia voltada para a cultura do milho);

– Também a genética: aqui o biólogo faz pesquisas com o uso de células-tronco e também pesquisas com mapeamento genético, ajudando no trabalho para o diagnóstico de doenças ou mesmo para a realização de testes de paternidade por meio do ADN (DNA).

– E para a área do ensino também: além do já citado sobre lecionar para estudantes do ensino fundamental e médio, o profissional formado em biologia pode atuar em projetos educacionais em áreas públicas como parques, zoológicos ou museus, por exemplo, bem como pode trabalhar em projetos de produção de livros didáticos sobre biologia.