Conceito.de

Conceito de cinética

A ideia da cinética, que deriva da palavra grega “kinetiké” (a arte de pôr em movimento), tem vários usos. No campo da física, é usada para se referir a tudo que está ligado ao movimento.

Especificamente, chama-se cinética ou cinemática à especialidade da física focada na análise do movimento, deixando de lado o estudo das forças que a originam. A cinética, nesse contexto, costuma estudar a trajetória de um corpo em movimento em função do tempo.

Aceleração e velocidade são as magnitudes mais comuns com as quais a cinética trabalha. Esses dados permitem a descrição de alterações na posição do corpo com o passar do tempo. A velocidade é calculada dividindo o espaço percorrido e o tempo gasto: se um objeto percorreu duzentos quilômetros em duas horas, sua velocidade média é de 100 quilômetros por hora. Enquanto isso, a aceleração é obtida dividindo a mudança na velocidade e o tempo que foi usado.

Chama-se energia cinética, por outro lado, à energia que um corpo adquire a partir do seu movimento. Quando um corpo está em repouso, é necessário um certo trabalho para acelerá-lo até a uma certa velocidade. Essa energia que é obtida na aceleração é conservada pelo corpo como energia cinética até mudar sua velocidade.

Por outro lado, para a química a cinética é a análise da velocidade com que diferentes processos se desenvolvem. Conhecida como cinética química, concentra-se na rapidez com que as reações são realizadas.