Conceito.de

Conceito de civismo

A ideia de civismo procede do francês “civisme”, que por sua vez deriva da palavra latina “civis” (que pode ser traduzida como “cidadão”). O conceito refere-se a um comportamento que se desenvolve de acordo com as regras de convivência que regulam a vida social. Também pode estar ligado ao respeito pelas instituições e pelas leis.

Entende-se que o civismo implica não transgredir as normas que nos permitem viver pacificamente em comunidade. Civismo, portanto, significa respeitar os direitos dos outros e cuidar dos espaços públicos e do meio ambiente. Se todos os membros da sociedade agissem com civismo, não haveria violência, uma vez que os conflitos seriam resolvidos através do diálogo e da ação institucional.

Suponhamos que uma pessoa precisa realizar trabalhos em seu apartamento. Para evitar perturbar os vizinhos, inicia os trabalhos às 10 da manhã, interrompe-os ao meio-dia e depois retoma-os entre as 16:00 e as 18:00. Dessa maneira, não produz ruídos que possam interferir no descanso dos outros indivíduos. Também se responsabiliza pela limpeza da sujeira gerada pelas obras, depositando os detritos e resíduos no contentor correspondente. Todas essas ações demonstram o civismo do indivíduo em questão.

Alguém que não respeita as regras de trânsito, joga papéis na rua, ouve música alta à noite e destrói os bancos de um parque por diversão, no entanto, não respeita as regras próprias do civismo.

Entende-se geralmente que o civismo parte da educação: é necessário saber o que deve ser respeitado e por quê. Quem conhece as normas de convivência e entende que não as respeitar causa danos, provavelmente agirá com civismo.