Conceito.de

Conceito de privilégio

Privilégio, do latim privilegĭum, é uma vantagem especial ou a isenção de uma obrigação de que alguém desfruta pela concessão de um superior ou pela sua própria capacidade e circunstância. O termo também é usado com referência ao documento no qual consta a concessão do privilégio.

Existem muitas maneiras de entender o conceito de privilégio. Num sentido judicial ou regulamentar, o privilégio pode ser uma permissão especial outorgada pelas autoridades. Os privilegiados, por conseguinte, gozam de melhores condições do que os cidadãos comuns.

Por extensão, conhece-se por classe privilegiada aquela que dispõe de maior poder e riqueza e que, portanto, constitui uma elite. No Antigo Regime, a nobreza e o clero constituíam a classe privilegiada e eram mantidos pela classe média baixa.

Actualmente, a classe alta é o grupo social privilegiado. Entende-se por classe alta o conjunto das pessoas que disponham de meios económicos e produtivos, tenham acesso a todos os serviços, vivam em casas confortáveis, tenham poupanças, etc. Os menos privilegiados ou os não privilegiados, em contrapartida, pertencem às classes baixas: são pobres, não têm acesso aos serviços de saúde nem à educação, subsistem em alojamentos precários e sofrem o desemprego.

Fora as condições sociopolíticas e do exercício do poder, um privilégio pode ser uma faculdade natural e inata. Exemplos: “O Cristiano Ronaldo nasceu com o privilégio de dominar a bola e de marcar golos como ninguém”, “Ter ouvido absoluto é um privilégio que devo agradecer à natureza”.