Conceito.de

Conceito de classe média

A sociedade é formada por um grupo de pessoas que interagem entre si no mesmo espaço, têm interesses comuns e coexistem de acordo com várias normas e regras compartilhadas. Nesse grupo de indivíduos, é possível reconhecer diferentes classes: estratos ou categorias que surgem a partir de características comuns ligadas a meios econômicos, ideologias, costumes e outras questões.

É habitual que a sociedade esteja dividida em três classes principais: a classe baixa, a classe média e a classe alta. Essa estratificação se deve principalmente à disponibilidade de meios econômicos: os que têm menos estão no setor inferior da sociedade (classe baixa), enquanto os que têm mais recursos ocupam o setor superior (classe alta). No centro aparece a classe média.

As pessoas que compõem a classe média, portanto, têm um nível socioeconômico mais alto do que os indivíduos que compõem a classe baixa, mas menor que os indivíduos que compõem a classe alta. Em muitos países, a classe média é considerada a classe social mais ampla, embora essa afirmação seja frequentemente questionada por sociólogos e economistas.

O surgimento da classe média ocorreu no século XVIII a partir da industrialização que permitiu o desenvolvimento de novos empregos e possibilitou a ascensão social de alguns grupos. Enquanto a lacuna entre os trabalhadores (a classe baixa) e os capitalistas (a classe alta) aumentou, de alguma forma surgiu um setor onde se incluíam vários profissionais e pequenos burgueses (a classe média).