Conceito.de

Conceito de cloroplasto

Chama-se cloroplasto a um orgânulo presente nas células vegetais, onde se desenvolve a fotossíntese (o processo do metabolismo que permite que certos organismos sintetizem substâncias orgânicas usando a luz solar como fonte de energia).

Delimitado por duas membranas, os cloroplastos têm vesículas chamadas tilacóides que abrigam moléculas capazes de transformar a energia da luz dos raios solares em energia química. Uma dessas moléculas é a clorofila.

A membrana externa do cloroplasto possui uma boa quantidade de proteínas chamadas porinas. Na membrana interna, no entanto, as porinas são menores. Dentro do cloroplasto pode-se reconhecer o estroma, uma cavidade onde se fixa o dióxido de carbono. Os tilacóides, com a clorofila, carotenóides e outros pigmentos com capacidade fotossintética, também se encontram no interior.

No cloroplasto também é possível reconhecer os plastoglóbulos, protegidos por uma membrana semelhante à que cobre os tilacóides. Nos plastoglóbulos existem diferentes moléculas orgânicas.

A fotossíntese é realizada em duas fases, cada uma desenvolvida em diferentes setores do cloroplasto. A chamada fase da luz ocorre na membrana que circunda os tilacóides, onde são encontrados os elementos que convertem a energia da luz em energia química. A fase escura, por outro lado, é gerada no estroma. Lá, uma enzima é responsável pela fixação do dióxido de carbono.

É importante mencionar que os cloroplastos estão presentes, além das plantas, em certos animais que os adquirem através de diferentes processos, como a cleptoplastia.