Conceito.de

Conceito de colina

A palavra colina deriva do latim “collina” com o mesmo significado. Uma colina é uma proeminência do terreno que ocorre de maneira natural.

As colinas são, portanto, elevações. Ao contrário das montanhas, elas geralmente não excedem 100 metros de altura. Portanto, uma colina é uma elevação mais baixa que uma montanha.

Também chamadas de montículos ou outeiros em alguns casos, as colinas surgem geralmente por razões geomorfológicas. A transferência de sedimentos de um glaciar, uma falha geológica ou a erosão de uma montanha são algumas das causas que podem levar, ao longo do tempo, ao aparecimento de uma colina.

Ao longo da história, muitas colinas foram escolhidas para iniciar a construção de uma povoação. A altura foi útil para observar se os inimigos estavam se aproximando e para evitar problemas derivados da inundação de um rio localizado nas proximidades.

O termo colina, quando derivado do latim científico “cholina”, está ligado ao campo da química. Chama-se colina às substâncias que, como parte das lecitinas, encontram-se na bílis de algumas espécies e funcionam como neurotransmissor.

Considerada um nutriente essencial, a colina é uma molécula que permite às células desempenhar suas funções normalmente. Uma deficiência de colina no organismo pode causar hipertensão, problemas ósseos, infertilidade e outros distúrbios.