Conceito.de
Conceito de

Comparação

Comparação (do latim comparatĭo) é a ação e o efeito de comparar. Este verbo significa centrar a atenção em duas ou mais coisas para reconhecer as suas diferenças e semelhanças e para descobrir as suas relações. Comparar, por conseguinte, é confrontar.

comparação
A comparação é o ato de comparar ou analisar aspectos similares ou distintos entre dois elementos

Exemplos: “A comparação entre os dois foguetes espaciais demonstra que o Americano é muito mais avançado”, “Nenhum jogador de futebol tem comparação possível com o Diego Maradona”, “Achei bastante interessante a comparação dos dois casos que fez o analista”.

A comparação pode centrar-se em aspectos físicos ou em questões simbólicas. Deste modo, duas pessoas podem ser comparadas de maneira diferente. Uma comparação física revelará que uma delas é mais alta, menos gorda e com o cabelo mais grisalho do que a outra. Ao comparar as personalidades, pode-se dizer que uma delas é mais sociável, costuma falar alto nas reuniões e estabelece laços com maior facilidade.

Na gramática, a comparação indica três graus diferentes nos adjetivos: normal, comparativo e superlativo. O adjetivo limpo pode aparecer no grau normal (“A água está limpa”), no grau comparativo (“A água deste tanque está mais limpa do que a água daquela fonte”) ou no grau superlativo (“A água deste tanque está limpíssima”).

O recurso da comparação também é uma figura retórica (ou de estilo), que se estabelece com elementos de relação como “tal” ou “como”: “As suas mãos como martelos destruíram a porta à pancada”, “O ladrão andava pelos telhados tal e qual o gato à noite”.

Se você tem apenas alguns segundos, leia estes pontos chave:
  • A comparação de igualdade é utilizada para estabelecer se dois elementos são iguais ou possuem alguma propriedade, aspecto, ou característica equivalentes.
  • A comparação de superioridade tem como objetivo ressaltar que alguma coisa é maior, melhor, mais forte, ou mais importante que outra.
  • A comparação de inferioridade é usada para indicar que um elemento é menor, pior, mais fraco ou menos importante que outro.
  • Na comparação de diferenças e no símile, o objetivo é identificar as discrepâncias, ou semelhanças respectivamente, entre dois elementos. A primeira destaca as características distintas entre elementos comparados, enquanto a segunda realça semelhanças através de uma comparação explícita.

Tipos de comparação

A comparação pode apresentar variação, logo, podendo existir a comparação com foco em igualdade, superioridade, diferenças, etc.

Comparação de igualdade

A comparação de igualdade é utilizada a fim de estabelecer se duas coisas são iguais ou equivalentes em relação a uma propriedade, característica ou aspecto. Ela tende a ser expressa por meio do sinal de igual (=) ou as a expressão “igual a”. Por exemplo: a cor da sua camisa é igual à cor da minha camisa. A comparação de igualdade tem como base a equivalência ou congruência entre os elementos que se compara.

Comparação de superioridade e inferioridade

Existe ainda os casos em que se faz a comparação de superioridade, com foco em indicar que um algo é maior, melhor, mais forte ou mais importante que outro. nesse caso, é comum usar termos como “maior que”, “melhor que”, “superior a” e também o símbolo de maior que (>). Por exemplo: Maria é mais alta que João; aquele livro é melhor do que o outro.

A comparação de superioridade compreende um contraste entre os elementos comparados, ressaltando a diferença quanto qualidade ou quantidade.

Já a comparação de inferioridade é usada com o objetivo de indicar que um elemento é menor, pior, mais fraco ou menos importante que outro. Se expressa a mesma com o uso de termos como “menor que”, “inferior a” e ainda usando o símbolo de menor que (<). Por exemplo; João é menos inteligente que Maria; este carro é pior que o outro.

A comparação de inferioridade ainda compreende um contraste entre os elementos que se compara, destacando a diferença quanto a qualidade ou quantidade, contudo em direção oposta à comparação de superioridade.

Comparação de diferenças

conceito de comparação
Igualdades ou desigualdades podem ser comparadas

Mas quando o objetivo é identificar as discrepâncias entre dois elementos, então se usa a comparação de diferenças. Ela é expressa por meio de termos como “diferente de” ou “não igual a”. Um exemplo seria a frase: a cor dos seus olhos é diferente da cor dos meus olhos.

A comparação de diferenças dá ênfase para as discrepâncias e as variações entre os elementos comparados. Ela destaca as características distintas.

Símile

Símile é uma figura de linguagem com foco em realizar uma comparação explícita entre dois elementos distintos. Ela usa termos como “parecido com” ou “como” para essa comparação.

É comum o uso do símile para criar uma analogia ou paralelismo entre elementos, ressaltando semelhanças ou características que os mesmos compartilham. Por exemplo: o seu sorriso é como um raio de sol.

O símile ajuda para a expressão poética e figurativa na linguagem, possibilitando uma compreensão mais sensorial do tema.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (15 de Abril de 2014). Atualizado em 5 de Julho de 2023. Comparação - O que é, tipos, conceito e definição. Conceito.de. https://conceito.de/comparacao