Conceito.de

Conceito de conurbação

O vocábulo inglês “conurbation” chegou ao nosso idioma como conurbação. É o grupo formado por diferentes centros urbanos que, inicialmente, eram independentes, mas que, devido ao seu crescimento geográfico, acabaram se unindo.

Para que surja uma conurbação, deve haver várias cidades localizadas próximas umas das outras. Por causa das novas construções e crescimento populacional, esses locais expandem sua superfície até que os limites desapareçam e se juntem: é difícil estabelecer onde uma cidade termina e onde a outra começa. De qualquer maneira, a conurbação nem sempre implica contiguidade física.

Também é habitual que, em uma conurbação, cada membro mantenha sua independência administrativa. Muitas vezes as cidades que compõem uma conurbação possuem um centro, diferentes bairros e uma periferia própria, além de fazerem parte de um grupo maior.

A Grande Buenos Aires é um exemplo de conurbação surgida na Argentina. As várias partes que cercam a cidade de Buenos Aires ou estão próximas dela, como Florencio Varela, General San Martín, Lomas de Zamora, Avellaneda e San Isidro, formaram uma união. Nesta aglomeração, conseguem-se distinguir vários cordões: anéis sucessivos que estão localizados de acordo com a proximidade da cidade de Buenos Aires. As cidades mais próximas da cidade de Buenos Aires constituem o primeiro cordão da conurbação.

No Uruguai existe a conurbação Maldonado | Punta del Este. Essas cidades costumavam manter uma distância geográfica e cultural, mas, ao longo dos anos, se uniram de forma progressiva.