Conceito.de

Conceito de cidade-estado

O conceito de cidade-estado é usado para nomear um estado formado por uma única cidade. Tratam-se de territórios com uma área muito pequena em comparação com os estados tradicionais.

A origem das cidades-estados remonta a vários séculos antes de Cristo. Essas entidades surgiram na Suméria ao redor dos rios Eufrates e Tigre, quando os habitantes começaram a desenvolver várias atividades aproveitando esses rios e se organizando.

Essas cidades-estados eram independentes, assim como muitas que surgiram nos tempos medievais por razões comerciais. Atualmente, podemos encontrar cidades-estados independentes e outras integradas em um país organizado como federação.

Entre as primeiras cidades-estados, podemos citar Esparta (na Grécia Antiga), Tikal (cidade-estado da civilização maia) e Chichén Itzá (também ligada ao povo maia). Na Idade Média, desenvolveram-se cidades-estados europeias como Florência, Amalfi e Bruges.

Hoje, consideram-se cidades-estados integradas em uma federação as cidades de Berlim (República Federal da Alemanha), Moscou (Federação Russa) e Basileia (Confederação da Suíça). Também existem cidades-estados autônomas que fazem parte de uma nação: Ceuta (Espanha), Gibraltar (Reino Unido), Macau (China), etc.

Por outro lado, existem várias cidades-estados independentes. Mônaco e a Cidade do Vaticano no continente europeu e Cingapura na Ásia são exemplos dessas entidades. Como você pode ver, a diferença entre cidade-estado e país pode ser sutil e até inexistente, pois tratam-se afinal de Estados.