Conceito.de

Conceito de decrescente

O adjetivo decrescente é usado para descrever o que decresce: ou seja, o que diminui ou reduz. O conceito é usado em vários contextos.

No campo da economia, por exemplo, falamos sobre a lei dos rendimentos decrescentes. É um princípio que indica que, quando se adiciona um fator produtivo e o restante é mantido constante, é registrada uma queda no aumento marginal da produção.

Por outras palavras, a lei dos rendimentos decrescentes indica que adicionar um fator produtivo e deixar o resto constante fará com que os aumentos na produção unitária sejam progressivamente menores (cada novo aumento será menor que o anterior). Suponhamos que, em um escritório administrativo, se incluam novos empregados, mas o número de computadores disponíveis para os trabalhadores não aumente. Aumentar apenas o número de trabalhadores não garante um aumento da produtividade devido à falta de outros recursos.

No campo da gramática, chama-se ditongo decrescente ao ditongo que é composto por vogal e semivogal, sendo que a vogal surge em primeiro lugar. Deve-se lembrar que o ditongo é uma sucessão de duas vogais diferentes cuja pronúncia é feita na mesma sílaba. Todos os ditongos decrescentes têm um decrescimento sonoro, como, por exemplo, as palavras pai, pauta, céu, muito, caixa, etc. Se analisarmos a palavra caixa, vemos que contém a vogal “a” – a vogal acentuada – seguida da semivogal “i”, tratando-se então de um ditongo decrescente.