Conceito.de

Conceito de deícticos

O adjetivo dêictico, que deriva da palavra grega “deiktikós”, qualifica o que está ligado a dêixis: a indicação de uma expressão linguística, um tempo, um lugar ou uma pessoa que é realizada usando um elemento gramatical. Também se chama dêictico ao elemento gramatical que permite realizar a dêixis.

Os dêicticos são, portanto, termos cujo significado depende do contexto, uma vez que só pode ser conhecido em função do falante. A dêixis desenvolve-se sempre a partir de um ponto de referência que depende de quem se expressa.

A interpretação dos dêicticos está relacionada à situação comunicativa. O falante deve mostrar de alguma forma a que se refere para que o interlocutor esteja em condições de contextualizar seu conteúdo.

Tomemos, por exemplo, a frase “Nós fomos lá ontem”. A expressão apresenta três dêicticos: “nós”, “lá” e “ontem”. Para entender o conteúdo, precisamos primeiro saber a quem “nós” se refere. Também temos que saber onde é “lá” e mesmo, se a expressão aparecer por escrito ou se a ouvirmos em uma gravação, é imprescindível entender quando foi “ontem”. Por outro lado, outras expressões sem dêicticos apresentam as informações de maneira que não sejam necessárias mais referências para que seu significado seja compreensível: “Juan Pérez, Martín López e María González foram ao Museu de Ciências Naturais de San Jacinto em 3 de janeiro de 2015”.

Note-se que os dêicticos podem ser locais (“ali”, “aqui”, “cá”), pessoais (“nós”, “vocês”, “seu”), temporais (“ontem”, “ontem à noite”, “amanhã”) ou de outros tipos.