Conceito.de

Conceito de desenho técnico

Um desenho é uma figura, uma imagem ou um delineamento geralmente feito à mão, com uma ferramenta (lápis, pincel), em diferentes materiais. O conceito de técnico, por outro lado, refere-se a um processo ligado à ciência, destinado a obter um determinado resultado.

Entende-se por desenho técnico o sistema de representação técnica de diferentes tipos de objetos. O seu objetivo é fornecer a informação necessária para analisar o objeto, ajudar a projetá-lo e facilitar a sua concepção ou a sua manutenção.

O desenho técnico pode ser desenvolvido com recurso à informática. Existem determinados programas (software) que permitem realizar projeções e cálculos que facilitam o desenho. Quanto aos instrumentos manuais, os mais comuns são a régua, o esquadro e o compasso.

A arquitetura, por exemplo, é uma ciência que recorre ao desenho técnico. Um edifício pode ser representado em plano horizontal (com vista de cima, do telhado, etc.) ou vertical ou alçado (fachada, vista lateral), com detalhes sobre as dimensões nos projetos. Neste caso, trata-se de desenho arquitetônico.

O desenho técnico faz a representação de formas, posições e dimensões, segundo o que se pede em cada contexto. Esse meio de expressão gráfica ajuda a passar uma ideia que fora proposta pelo seu projetista para quem ficará responsável por executar essa ideia.

Podemos ver o que elabora um projetista por meio do desenho gráfico como as palavras que um escritor usa para expressar as suas ideias.

E do mesmo modo que a linguagem escrita, o desenho técnico precisa seguir regras, pois somente assim o projetista consegue transmitir sua mensagem e quem executará o projeto conseguirá interpretar essa ideia e realizar tudo como deve ser.

Cada país possui as suas regras para esse tipo de desenho, sendo que no Brasil há a chamada ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) que define essas regras para o desenho técnico. É a ABNT/NBR 10647 que define, por exemplo, os tipos de desenhos usados, nomenclaturas, se será feito o desenho à mão livre ou digital (no computador), o material utilizado, entre outros assuntos.

Existem outros tipos de desenho técnico, nomeadamente o desenho mecânico (que representa partes ou peças de máquinas), o desenho electrónico (representação de circuitos), o desenho eléctrico (delimitação de instalações eléctricas de uma estrutura arquitetônica) e o desenho urbanístico (usado para organizar o desenvolvimento dos centros urbanos).

O desenho técnico pode compreender esboços, diagramas, gráficos, planos e outras representações. É frequente serem usados conceitos geométricos e noções de matemática para trabalhar de forma bem-sucedida com escalas e perspectivas.

O que diferencia o desenho técnico do desenho artístico é que esse segundo retrata os sentimentos do artista, sendo que esse desenho pode ainda possuir distintas interpretações, segundo quem o vê.

Já o desenho técnico é direto, ou seja, o seu significado é único, contando ele com símbolos, figuras, etc., que ajudarão o responsável pela execução a entender tudo ali. Em outras palavras, o desenho técnico precisa descrever de forma exata as características do que precisa ser executado, da obra, etc.