Conceito.de

Conceito de disfarce

O disfarce é o vestuário que permite ocultar a identidade. Quem usa um disfarce usa-o com a intenção de não ser reconhecido. Por exemplo: “Amanhã vou à festa com um disfarce de Batman”, “Os bandidos que entraram no banco usavam disfarces de palhaço”, “João, é você? Eu não o reconheci com esse disfarce”.

Os disfarces podem ter características diferentes. Eles geralmente incluem máscaras, maquiagem ou outros elementos para modificar ou ocultar a fisionomia do rosto das pessoas. Em outros casos, estão limitados a itens de vestuário que as pessoas usam para dar vida a um personagem.

Uma festa de disfarces é aquela cuja premissa é que todos os convidados compareçam disfarçados. Nesse contexto, a ocultação da identidade não é essencial, mas o mais importante é surpreender com o disfarce. Às vezes, os disfarces mais originais ou divertidos até são premiados.

Certas celebrações populares também giram em torno de disfarces. No Halloween, as crianças se arrumam para pedir guloseimas. Os carnavais costumam ser celebrados com máscaras e, às vezes, com certos trajes.

Nos esportes profissionais, é comum haver mascotes: personagens que um sujeito interpreta usando um disfarce. As franquias da NBA têm mascotes que entretêm o público antes dos jogos e durante os intervalos. Um dos mais famosos é o gorila do Phoenix Suns.

Por fim, a ideia de disfarce pode ser usada em sentido simbólico para nomear o que permite ocultar uma intenção: “A simpatia do jovem foi apenas um disfarce para ganhar a confiança das mulheres de quem mais tarde abusava”, “Por trás do disfarce de empresário solidário esconde-se um homem que não respeita os direitos dos trabalhadores”.