Conceito de recitação


Nov 29, 13

Recitação, do latim recitatĭo, é a acção de recitar. Este verbo refere-se à acção de dizer em voz alta um discurso ou pronunciar, de forma memorizada, versos ou orações.

Exemplos: “A recitação da poetisa angolana emocionou todos os presentes”, “Para ser sincero, gosto imenso de ler poesia, mas não sou grande apreciador das recitações”, “O assessor de imagem do candidato sugeriu-lhe que ensaiasse a recitação do seu discurso para chegar ao coração das pessoas”.

O conceito de recitação está associado à declamação, que é a interpretação de uma mensagem com a voz, a mímica e os gestos. O objectivo da declamação é dar ênfase às diferentes matizes de um texto para destacar o sentimento dos conteúdos.

Actualmente, recitação e declamação são termos que tendem a ser usados como sinónimos embora, na opinião de alguns especialistas, a recitação exclui os gestos e a mímica, centrando-se unicamente na modulação da voz. Neste sentido, a recitação de um poema consistiria na sua leitura ou pronunciação em voz alta, ao passo que a declamação também incluiria movimentos corporais.

Estas diferenças eram mais visíveis no século XIX, época em que a declamação se assemelhava mais à actuação, uma vez que supunha interpretação corporal com muita expressão, movimentar-se em cena (no palco) e usar elementos visuais ou disfarces. Com o passar do tempo, a declamação começou a parecer-se cada vez mais com a recitação.

Hoje em dia, a recitação inclui a pessoa de pé ou sentada num cenário, limitando-se a ler ou a expressar um texto em voz alta. Os matizes da interpretação são dados pelo trabalhar e pela colocação da voz.