Conceito.de

Conceito de equivalente

Dois elementos são equivalentes quando equivalem: isto é, quando valem o mesmo ou têm a mesma estimativa ou capacidade. O termo equivalente vem do latim “aequivalente” com o mesmo significado.

Por exemplo: “Para preparar esta sobremesa, devemos incluir na mistura uma pequena quantidade de cacau, o equivalente a uma colher de chá”, “A dívida que o Estado nacional acaba de contrair é equivalente ao Produto Interno Bruto da Albânia”, ” Se a empresa não devolver o seu dinheiro, deverá entregar-lhe produtos de valor equivalente”.

Suponhamos que uma pessoa receba um salário mensal de 5000 reais. Para comemorar seu aniversário, decide organizar uma grande festa, na qual gasta 10 000 reais. Pode dizer-se, portanto, que esse sujeito gastou o equivalente a dois de seus salários na organização do evento.

Imaginemos outro caso para compreendermos a noção de equivalente. Uma falha na distribuição elétrica gera um pico de tensão e danifica uma televisão da família, que fica inutilizável. Diante da reclamação dos afetados, a concessionária de energia se compromete a entregar gratuitamente outra televisão equivalente à destruída: do mesmo número de polegadas, com características semelhantes, etc.

No campo da química, chama-se equivalente à massa mínima que um corpo precisa para se combinar com outro. Equivalente é também o número que permite representar o peso dessa massa, considerada a partir de um corpo que se toma como tipo.

Para geometria, dois corpos sólidos ou duas figuras são equivalentes quando eles têm formas diferentes, mas o mesmo volume ou área.