Conceito.de

Conceito de fadas

Escutar o artigo

Fada é o nome de um ser da mitologia do sexo feminino. É comum que essas sejam descritas como seres que possuem poderes e também asas, podendo voar.

fadas
As fadas teriam o poder de interferir no destino dos seres humanos

Esse termo teria sua origem no latim “fatum”, que possui o significado de fado ou “destino”. Por isso que muitos acreditam que essas criaturas teriam o poder para interferir de forma mágica no destino dos seres humanos e de outros seres.

Foi por meio da disseminação dos contos de fadas dos irmãos Grimm e também das histórias de Hans Christian Andersen que as fadas se tornaram mais conhecidas e também algo em que as pessoas acreditavam, com tal crença se dando primeiramente no Ocidente.

As fadas ainda seriam conhecidas como companheiras dos elfos, esse últimos sendo conhecidos com a ajuda da literatura do escritor J.R.R. Tolkien, quem criou a obra O Senhor dos Anéis.

Esses seres, que fazem parte do universo da fantasia, têm o costume e surgirem quando há perigo, geralmente ajudando o herói a prosseguir na sua jornada, intervindo para evitar que tanto o herói quanto as demais pessoas sejam vítimas de algum mal, geralmente proveniente de feitiços malignos.

Características das fadas

As fadas, presentes na mitologia céltica, dos germânicos, anglo-saxões e também dos nórdicos, teriam a capacidade de influenciar no destino das pessoas, como é o caso das conhecidas fada madrinha e fada do dente.

As fadas costumam ser apresentados como seres diáfanos, contando com asas similares as das borboletas que ficam nas suas costas, elas ainda teriam um acessório chamado de varinha de condão, que lhes ajuda na realização de suas magias, além de terem uma vestimenta leve e muito bonita.

Segundo a obra em que aparecem, as fadas podem ser descritas como moças de corpo esbelto e altas ou, ainda, podem ser pequenas criaturas, tal como no caso da fada Sininho, da história Peter Pan.

As fadas surgem e desaparecem de forma instantânea, já que possuem o poder de invisibilidade.

Sobre o local onde elas podem ser encontradas, a depender de onde elas sintam que é mais adequado estarem, se pode encontrar fadas em bosques, florestas, jardins, em locais com muitas flores, entre outros. Tudo dependerá do que se necessite no momento: uma luta, aventura, etc.

Aqueles que estudam sobre fenômenos paranormais e que são próprios da Parapsicologia colheram vários relatos e concluíram que as fadas seriam capazes de sobreviver no mundo dos humanos, sendo percebidas, muitas vezes, por meio da clarividência.

Para que as fadas consigam viver no mesmo mundo que os humanos, o que acontece é que esses seres mágicos habitam numa esfera que é invisível, onde também estariam outros seres elementais. Os adeptos da teosofia acreditam nisso.

Teosofia compreende doutrinas místicas, especulativas e ocultistas que têm o propósito de buscar conhecimento sobre os mistérios da vida e também da natureza. De acordo com essa teoria, os espíritos da natureza são organizados numa hierarquia.

Quando as fadas surgiram

conceito de fadas
As fadas seriam a princípio seres responsáveis por proteger a natureza

Mesmo que esses seres existam há muitos séculos, não há uma comprovação de quando tenham surgido. Contudo existem muitas teorias, como o surgimento desses seres imaginários sendo a mitologia grega, uma vez que foi devido a ela que a mesmas tiveram popularidade.

Conta-se que é provável que os povos celtas tenham sido os primeiros que mencionaram sobre das fadas na sua mitologia. Também se acredita que elas teriam se originado entre as culturas germânica, céltica, nórdica e anglo-saxônica, posto que alguns estudiosos relatam haver indícios sobre isso.

A princípio, as fadas eram retratadas como seres que protegiam a natureza, podendo interagir com os seres humanos e possuíam certa influência sobre o destino desses.

No norte da Europa, era comum descrever as fadas como lúmens da natureza, sendo ainda descritas como seres que estavam em companhia de gnomos e também de globlins, além de outros seres mitológicos.

É contado também que na Idade Média as fadas surgiram nos livros sobre cavalaria. Ali elas deixariam o submundo e se tornariam damas aristocráticas.

Quem também falaria sobre fadas seria o escritor William Shakespeare, onde ele foi quem as descreveu como pequenos seres etéreos e que voavam. E as fadas descritas por ele são as que estariam mais próximas das fadas conhecidas nos dias atuais.

E quem também relataria sobre as fadas seria Robert Kirk, que fez estudos sobre esses seres mitológicos, relatando que o tamanho que elas tinham era devido a que se acreditava que elas eram réplicas das almas dos seres humanos, só que em miniatura. E essas almas ficavam perto dos túmulos, aguardando para se encontrarem com os seus corpos no chamado Dia do Juízo Final.

Fadas das nuvens e fadas das tempestades

As fadas ainda podem ser classificadas em fadas das nuvens e das tempestades. As fadas das nuvens são aquelas que vivem nas nuvens, tendo o poder de fazer a transferência de luz para plantas, além de também guiarem seres humanos e animais. Enquanto as fadas das tempestades são portadoras de elevada energia e percorrem pelas florestas e ao redor dos picos de muitas montanhas.

Citação

SOUSA, Priscila. (9 de Setembro de 2022). Conceito de fadas. Conceito.de. https://conceito.de/fadas