Conceito.de

Conceito de geladeira

Escutar o artigo

Geladeira é um aparelho que funciona por meio da compressão a vapor, garantindo a refrigeração dos alimentos. Para isso é necessário que o aparelho seja alimentado por eletricidade, variando de acordo com a corrente elétrica de cada região.

geladeira
A geladeira é um dos aparelhos essenciais e todas as residências

Esse aparelho está presente nas residências de várias pessoas ajudando a refrigerar e conservar alimentos. No geral, esse aparelho é usado nas cozinhas.

A geladeira também costuma ser chamada por alguns de refrigerador e ajuda a manter resfriados diferentes tipos de alimentos, tais como: legumes, frutas, bebidas, carnes, entre outros alimentos que necessitam de resfriamento (como é o caso de pizzas e tortas congeladas).

E a invenção desse aparelho transformou a maneira com que os alimentos eram consumidos e comercializamos, revolucionando o mercado de trabalho e, até mesmo, os processos da medicina. Por isso ela é considerada uma das mais importantes invenções da humanidade.

História da criação da geladeira

A geladeira foi uma invenção apresentada em 1856, tendo sido construída pelo inventor James Harrison, que foi contratado por uma fabricante de cerveja que queria algo que ajudasse a manter as bebidas sempre frescas. Mas a história desse aparelho veio muito antes, com outros estudiosos e inventores.

Por volta do século XVIII já haviam algumas formas de refrigeração artificial, mas tudo estava na teoria quanto ao uso nas residências, não se sabendo como fazer a produção em larga escala desses equipamentos.

Foi no ano de 1748 que, na Universidade de Glasgow, o britânico Willian Cullen apresentou o primeiro sistema de refrigeração artificial, mas esse também ficou na teoria.

Quem levou o projeto adiante e conseguiu trazer uma máquina que refrigerasse foi o americano Oliver Evans, realizando tal feito em 1834. O equipamento de Evans foi ainda o primeiro a usar vapor ao invés de líquido refrigerado. Mas ainda não se tinha ainda algo similar ao que há hoje.

Dez anos depois, foi a vez do médico e inventor americano John Gorrie prestar sua contribuição. O que ele fez foi usar uma versão da geladeira a vapor para produzir gelo e refrescar o ar dos pacientes que tinham febre amarela. Aquela foi a primeira vez que o aparelho era usado no âmbito da medicina.

Mas tudo despontou mesmo em 1857, quando foi construído o primeiro vagão de trem refrigerado para transportar carnes, em Chicago. E então o aparelho já começava a chamar a atenção de desenvolvedores, que tinham planos para que houvesse uma versão desse que pudesse ser usada nas residências para a conservação de alimentos. E, assim, em 1913 nascia a primeira geladeira doméstica. Mas esses tiveram maior aceitação apenas em 1930, nos Estados Unidos.

Sua importância

conceito de geladeira
Por meio da geladeira se consegue conservar alimentos como carnes, legumes, verduras e frutas

Para que se entenda a essencialidade da geladeira, em climas amenos, onde a temperatura seria de algo em torno de 26°C, a carne duraria poucas horas sem refrigeração. Enquanto isso, as frutas, resistindo um pouco mais, durariam alguns dias. E isso fazia com que a nutrição das famílias estivesse restrita às condições impostas pelo clima.

Naquela época, as pessoas tinham que adquirir alimentos e consumi-los de imediato a fim de não haver perdas. Mas hoje as pessoas podem manter alimentos por muitos dias na geladeira, bem conservados e apropriados para o consumo.

A indústria alimentícia também ganhou com o fato de poder vender alimentos perecíveis em maiores quantidades.

Deterioração de alimentos e a necessidade da geladeira

É comum que alimentos que se deteriorem com facilidade quando estão em temperatura ambiente sejam armazenados nas geladeiras.

O crescimento bacteriano e a deterioração nos alimentos acabam sendo mais lentos quando esses alimentos estão refrigerados, já que a baixa temperatura leva uma diminuição do desenvolvimento desses.

Características da geladeira

A geladeira é geralmente composta por uma caixa de metal que possui variados tamanhos e dentro dessa há um compartimento que é o congelador, separado e geralmente na parte superior.

Esse congelador é usado para manter congelados alimentos como carnes, que precisam de uma refrigeração maior para se conservar. No congelador é ainda onde se pode congelar cubos de gelo.

O propósito é que a geladeira mantenha uma temperatura interna que seja bem mais baixa do que a temperatura ambiente, sendo que isso deve acontecer de forma contínua.

Existe no aparelho um botão que permite regular a temperatura interna, segundo o que se precisa.

Na geladeira, diferente de outros tipos de aparelhos de refrigeração, há outras áreas onde se pode armazenar alimentos que precisem de refrigeração, contudo não tanta refrigeração quanto há no congelador. Nesses locais é comum se dispor hortaliças, frutas, legumes, etc.

Diferença entre geladeira e freezer

O freezer, diferente da geladeira, consegue alcançar temperaturas menores, o que ajuda no caso do congelamento de mais volume de alimentos, especialmente porque esses costumam ser maiores em espaço interno no que diz respeito ao congelador.

É comum que as geladeiras sejam usadas em cozinhas residenciais, enquanto o freezer é mais usado em estabelecimento comerciais, com esse último tendo a finalidade de congelar e resfriar alimentos que serão servidos em maiores quantidades para atender a mais pessoas.

Citação

SOUSA, Priscila. (21 de Junho de 2022). Conceito de geladeira. Conceito.de. https://conceito.de/geladeira