Conceito.de

Conceito de higiene industrial

Escutar o artigo

Higiene industrial é o conjunto de procedimentos destinados a controlar os fatores ambientais que possam afetar a saúde em contexto laboral. Entende-se por saúde o completo bem-estar físico, mental e social.

higiene industrial
Por meio da higiene industrial, os funcionários de uma indústria são protegidos de agentes contaminantes

A higiene industrial, por conseguinte, deve identificar, avaliar e, se for necessário, eliminar os agentes biológicos, físicos e químicos que se encontram dentro de uma empresa ou indústria e que possam provocar doenças aos trabalhadores.

Esta questão é particularmente importante naqueles sectores produtivos que implicam a manipulação de contaminantes. Por exemplo: uma empresa dedicada à tintura de calças deve tomar precauções especiais com os químicos que utiliza nos seus processos quotidianos. Os trabalhadores, por outro lado, devem contar com a protecção adequada na roupa que usam.

As empresas devem tirar amostras e fazer medições periódicas para verificar o nível dos agentes contaminantes no ambiente. Requer, por conseguinte, os serviços de um laboratório capaz de avaliar os resultados obtidos para garantir que o meio industrial não seja prejudicial à saúde.

No seu sentido mais amplo, a higiene industrial também compreende o estudo dos níveis sonoros ou da iluminação dos edifícios, entre outras questões. A exposição de sons muito intensos ou a falta de luminosidade para trabalhar podem afetar a audição e a vista do trabalhador. A saúde, por conseguinte, também depende destes fatores.

Convém destacar que a essência da higiene industrial é preventiva, já que o seu principal objetivo é garantir o bem-estar no local de trabalho ao evitar que se adoeça.

Mais sobre as características da higiene industrial

Numa indústria, a higiene industrial interage com distintos indivíduos, tais como: os próprios trabalhadores, supervisores e gerentes, médico ocupacional ou médico do trabalho, reguladores, especialistas em segurança, pessoa que atua na manutenção, epidemiologistas ocupacionais, entre outros.

A ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) possui várias regras definidas quanto a proteção dos funcionários em ambientes onde haja agentes contaminantes, sendo que as indústrias devem seguir tais regras, que varia segundo o seu segmento de atuação.

E se a indústria estiver em desacordo com o que é definido pela agência, então pode sofrer advertências ou multas e, em casos mais extremos, o local pode ser interditado como punição (há distintos critérios para punir as indústrias que não seguem o que é estabelecido).

Porém, não são todos os ambientes que apresentam risco no que tange a sua higienização, sendo assim, é necessário que haja contaminantes no loca. E há ainda alguns fatores que relevar nesse caso, sendo eles:

– A presença do agente contaminante naquele ambiente de trabalho. Mas se a concentração do mesmo está abaixo de um determinado valor, então se tem o controle do risco;

– O tempo de exposição: se um agente contaminante estiver em contato com os indivíduos no ambiente por mais tempo, então maiores serão as chances de haver uma contaminação.

– E também as características pessoais de cada pessoa que estará em contato com esse agente: um contaminante não possui o mesmo efeito em todos os funcionários que se encontram naquele local, sendo que alguns podem ser mais ou menos sensíveis a uma substância. Mas quando há mais de um contaminante no local isso potencializa os riscos.

Equipamentos de proteção

conceito de higiene industrial
Luvas e máscaras são exemplos de equipamentos de proteção usados no contexto da higiene industrial

Algumas indústrias necessitam do uso de produtos químicos com maior concentração, desse modo, elas devem seguir os protocolos específicos para realizar as atividades de maneira segura quanto a higienização. E nesse caso é crucial o uso dos equipamentos de proteção, como exemplo se pode citar as luvas, as máscaras de proteção, notas, óculos, entre outros itens.

No Brasil, há até mesmo normas que regulamentam o uso de equipamentos de proteção nas indústrias, como é o caso da NR-06 (Norma Regulamentadora nº 6), que se trata de uma norma especial que determina o uso de Equipamentos de Proteção Individual (os conhecidos ainda pela sigla (EPI), que se aplica a diferentes setores e atividades onde o funcionário coloque em risco sua saúde e integridade.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (12 de Novembro de 2012). Atualizado em 18 de Novembro de 2022. Conceito de higiene industrial. Conceito.de. https://conceito.de/higiene-industrial