Conceito.de

Conceito de indicador de gestão

Escutar o artigo

Um indicador é algo que serve para indicar (isto é, que mostra algo com sinais ou indícios). O indicador pode ser físico (como um sinal de tráfego/semáforo) ou abstrato (como uma estatística).

Gestão, por outro lado, é a ação e o efeito de gerir ou de administrar. Estes procedimentos procuram concretizar diligências para alcançar um objetivo ou conseguir algo.

Conhece-se pelo nome de indicador de gestão o dado que reflete quais foram as consequências de ações tomadas no passado no âmbito de uma organização. A ideia é que estes indicadores assentem as bases para ações a tomar no presente e no futuro.

É importante que os indicadores de gestão reflitam dados verdadeiras (exatas) e fiáveis, já que a análise da situação, de outra maneira, não seria correta. Por outro lado, se os indicadores forem ambíguos, a interpretação será complicada.

Aquilo que um indicador de gestão permite é determinar se um projeto ou uma organização estão a ter êxito ou se estão a cumprir com os objetivos. O líder da organização é quem costuma estabelecer os indicadores de gestão, os quais são utilizados de forma frequente para avaliar o desempenho e os resultados.

Os especialistas distinguem entre distintos tipos de indicadores de gestão, que estudam as vantagens competitivas, a utilização de recursos, a qualidade do serviço e o desempenho financeiro, por exemplo.

Os indicadores mais usados são aqueles que se baseiam em dados económicos e que permitem conhecer a avaliação das vendas e dos custos. Todas as empresas pretendem que o indicador de vendas registe aumentos sustentados e que o indicador de custos baixe ou, pelo menos, se mantenha sob controlo para maximizar os ganhos/rendimentos.

A análise das informações referentes aos processos numa empresa ajuda a dispor para todos ali um documento que mostra os desempenho da organização ao longo do tempo. E isso possibilita que haja uma leitura objetiva sobre: produtividade, rentabilidade, competitividade, lucratividade, pontos fortes e o que necessita de melhorias, entre outras coisas.

O uso de indicadores para auxiliar na gestão concede ao gestor e demais ali na empresa a possibilidade de refletirem sobre a melhoria de processos, sobre bons investimentos, ter redução de custos, fazer o dimensionamento adequado da equipe, realizar também estudo de viabilidade para o lançamento de um novo produto ou serviço, qualificar os profissionais que atuarão na empresa, fazer a seleção de fornecedores, entre outros.

Alguns indicadores que podem ser implementados na empresa são:

Lucro Líquido: o valor restante depois da dedução de todos os custos e despesas do faturamento total de uma empresa;

Margem de Lucro Líquida: o que a empresa planeja ter como lucro diante do que investiu (o retorno sobre esse investimento);

Taxa de Retenção de Funcionários: basicamente, é o tempo médio em que os funcionários permanecem na empresa;

EBTDA: onde se calcula a quantidade de recursos que uma empresa gera levando em consideração somente sua operação, antes da retirada para os impostos;

Market Share: refere-se ao grau de participação da empresa no mercado no que diz respeito as vendas de um determinado produto;

Índice de Inadimplência: índice que faz a avaliação do que a empresa receberá, além do que avalia também a quantia que está em atraso.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (25 de Março de 2014). Conceito de indicador de gestão. Conceito.de. https://conceito.de/indicador-de-gestao