Conceito.de

Conceito de indicador económico

Um indicador é aquilo que indica ou serve para indicar. Pode tratar-se de um instrumento físico que indica algo ou de uma representação simbólica que mostra indícios ou sinais.

Económico, do latim oeconomĭcus (embora com origem mais remota na língua grega), diz-se daquilo que pertence ou que é relativo à economia. Este termo (economia), por sua vez, refere-se à ciência social dedicada ao estudo dos processos de produção, intercâmbio e consumo de bens e serviços.

Um indicador económico (ou “indicador econômico” no Brasil), por conseguinte, é um índice que permite representar uma realidade económica de maneira quantitativa e directa. Costuma tratar-se de uma estatística que supõe uma medição de uma variável durante um certo período. A interpretação do indicador permite conhecer a situação da economia e realizar projecções.

O Índice de Preços no Consumidor (IPC) é um dos indicadores mais usados. Permite comparar os preços de um grupo de produtos que são adquiridos pelos consumidores de forma regular e descobrir as variações de cada um.

Outro indicador muito frequente é o Produto Interno Bruto (PIB), que reflecte a produção de bens e serviços finais de um país num período temporal.

A renda (ou o rendimento) per capita, por outro lado, é o resultado da divisão entre o PIB e a quantidade de habitantes de um país. Este indicador, evidentemente, ignora as desigualdades de rendimentos: numa hipotética região com dois habitantes, se um aufere 10.000 dólares por mês e o outro apenas 2.000, a renda per capita será de 6.000 euros mensais, o que é bastante superior àquilo que ganham os mais pobres.

Existe também o Produto Nacional Bruto (PNB) que, como o PIB, é um indicador do crescimento econômico quanto ao aumento da produção de bens e serviços e, também, aumento do consumo desses.

Outro indicador econômico é o PMI (Purchasing Managers Index) que mede a saúde econômica do setor de manufatura (fábricas). E para compor esse indicador existem cinco fatores: níveis de estoque, novos pedidos, ambiente de emprego, entregas de fornecedores e produção.

No Brasil, existem outros indicadores econômicos como é o caso da PNAD que é um indicador da quantidade de pessoas que se encontram empregadas e desempregadas, com taxa de ocupação e taxa de desemprego. Esse indicador faz ainda a medição do rendimento dos trabalhadores.

Um outro indicador também no país é a Taxa Referencial (TR) que serve para calcular o rendimento da chamada caderneta de poupança (o investimento mais popular e menos ariscado do Brasil, contudo o menos lucrativo) e também para calcular o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

O conhecimento sobre indicadores econômicos é de suma importância para todo investidor. Por meio desse conhecimento sobre eles esse investidor consegue identificar a situação econômica de um país, por exemplo, e, assim, fazer uma tomada de decisão assertiva, que gere retorno financeiro para si.

Digamos que você queira fazer uma aplicação num determinado investimento, contudo não entenda sobre os indicadores econômicos presentes nesse tipo de investimento, o que acontecerá é que você não saberá qual será sua rentabilidade com o investimento e até mesmo se terá alguma rentabilidade.