Conceito de índice


Set 12, 13

Índice (do latim índex, que significa “o que indica”) é um indício ou um sinal de algo. Pode tratar-se da expressão numérica da relação entre duas quantidades ou de diferentes tipos de indicadores. Exemplos: “O Governo não respeita os novos índices económicos”, “O índice demográfico preocupa as autoridades, que receiam que a aldeia possa ficar vazia nos próximos cinco anos”, “Os lugares esgotados em todas as salas de teatro são o melhor índice da recuperação do consumo”.

Numa publicação ou num livro, o índice é uma lista ordenada (geralmente, organizada por ordem alfabética) de capítulos, secções, artigos, temas, autores, etc. O índice permite que o leitor saiba que conteúdos apresenta a obra e em que lugar localizá-los na mesma. Costuma encontrar-se no início ou no fim do livro, e com referências (daí a expressão “índice remissivo”): “Procura aí no índice em que página está a entrevista com o autor angolano”, “O inconveniente com este romance é o facto de não ter índice”, “De acordo com o índice, o capítulo final começa na página 84”.

O índice também é o catálogo daquilo que contém um arquivo ou uma biblioteca: “Deixe-me ver no índice se temos esse livro nas nossas estantes”, “Se quiser saber em que sala está guardado o material de que anda à procura, terá de consultar o índice”.

Escrito com maiúscula, trata-se do elenco dos livros cuja leitura a Igreja considera perigosa e/ou inoportuna quanto à moral e à doutrina.