Conceito.de

Conceito de interrogação

Por interrogação entende-se aquilo que interroga, isto é, que pergunta ou inquire. Uma interrogação, por conseguinte, pode ser uma questão não esclarecida, um assunto que deixa dúvidas ou, simplesmente, uma pergunta.

Exemplos: “O veterinário do jardim zoológico diz que a violenta reação que o urso teve continua a ser uma interrogação”, “O treinador deveria esclarecer a interrogação sobre a formação da equipa para evitar mais boatos”, “A existência de Deus é uma interrogação sem respostas para a ciência”.

As interrogações podem ter resposta imediata, num certo prazo ou, diretamente, não ter resposta conhecida. Se alguém perguntar as horas a um indivíduo e se este levar relógio, poderá responder-lhe no momento, deixando, depois disto, a interrogação de existir como tal. No entanto, se uma mulher se encontrar na rua com uma amiga e lhe perguntar o número de telefone de uma terceira pessoa, mas a sua amiga lhe responde que o tem anotado numa agenda que está guardada na sua casa, a interrogação não terá resposta imediata embora possa ser respondida/resolvida quando a amiga chegar a casa, procurar a agenda e ligar à mulher para responder à sua pergunta.

Outras interrogações não têm resposta, pelo menos com base nos conhecimentos que tem a Humanidade na atualidade. Ninguém pode responder com certeza e exatidão se existe vida extraterrestre nem como se formou o nosso planeta.

Uma interrogação ou um ponto interrogação, ainda, pode ser um sinal ortográfico, neste caso, de interrogação (“?”) que indica, num texto, uma pergunta: “Como te chamas?”.

Há casos onde se usa a interrogação e também exclamação juntas, veja a seguir alguns exemplos:

“Como assim você não gosta dessa banda?!”

“É verdade que você e o Mauro terminaram?!”

“Já se passaram mais de três horas?!”

Nesse caso, as perguntas estão carregadas de um sentimento de espanto, de admiração, por isso o uso da interrogação que confere mais emoção em cada uma delas.

As expressões que usam o ponto de interrogação e de exclamação juntos são bastante comuns no dia a dia.

O ponto de interrogação é usado em diferentes idiomas como o português, espanhol (usado também invertido), inglês, entre outros. No inglês ele é conhecido como “question mark”. Na realidade, todas as escritas de origem romana usam esse ponto de interrogação.

Quando uma frase não dispõe de ponto de interrogação, então ela é entendida como uma afirmação e não como pergunta. Vejamos como fica isso nas seguintes frases:

“Hoje ele foi até a sua casa resolver as pendências”

“Ele te disse o tudo que sabia sobre o caso”

“Essa foi a última vez que você falou comigo”

Nessas frases temos uma afirmação, uma vez que não existe uma interrogação. E a seguir temos as mesmas frases, mas agora como uma pergunta, por conterem a interrogação:

“Hoje ele foi até a sua casa resolver as pendências?”

“Ele te disse tudo o que sabia sobre o caso?”

“Essa foi a última vez que você falou comigo?”

Assim, com apenas o acréscimo ou remoção desse sinal uma frase altera totalmente o seu sentido.