Conceito.de

Conceito de membrana

Escutar o artigo

Do latim membrāna, uma membrana é uma pele fina como um pergaminho, um tecido que apresenta uma forma laminar e que tem consistência mole ou uma placa ou lâmina de pequena espessura e flexível.

mrmbrana
A membrana é essencial para haver o transporte de substâncias nas células

Na biologia, uma membrana semipermeável é aquela que permite que certas moléculas ou certos iões a possam atravessar por difusão. A concentração, a pressão e a temperatura das moléculas e dos solutos irão determinar que quantidade de matéria poderá passar através da membrana. A permeabilidade da membrana também irá obviamente depender do tamanho do soluto.

Por outro lado, conhece-se como membrana plasmática ou citoplasmática a estrutura laminar que recobre as células e define os seus limites. Esta lâmina, formada por fosfolípidos, glúcidos e proteínas, entre outros componentes, age como o contentor da célula e proporciona-lhe protecção.

A membrana basal é uma camada natural de colágeno que se situa na base dos epitélios e que atua como filtro fisiológico.

A membrana caduca é aquela que, durante a gravidez, envolve a cavidade interna da matriz.

Na zoologia, a membrana nictitante é a terceira pálpebra das aves, que é lateral e transparente.

A membrana mucosa reveste as cavidades do corpo que comunicam com o exterior. Têm glândulas unicelulares que segregam muco.

Por fim, convém mencionar que uma membrana elástica é um corpo elástico capaz de resistir a tensões de tração. Do ponto de vista geométrico, a membrana elástica tem uma superfície média curva e uma pequena espessura em ambos os lados.

A membrana plasmática, também conhecida como membrana celular ou plasmalema, faz a separação entre o meio intracelular e o meio externo. Ela atua ainda garantindo que haja a integridade da célula e promovendo uma barreira seletiva, a qual possibilita que somente algumas substâncias entrem, como é o caso de nutrientes e do oxigênio, e outras substâncias saiam, como acontece om os resíduos.

Tal membrana dispõe de uma estrutura contendo por volta de 6 a 10 nm de espessura, sendo composta por várias moléculas de proteínas que são adicionadas numa camada dupla.

Além de proteínas e lipídeos, essa membrana traz em sua composição, ainda, cadeias de carboidratos. Tais cadeias estão conectadas às proteínas ou lipídios existentes na superfície externa da membrana, constituindo glicoproteínas e também glicolipídios.

Além de tudo isso, essa membrana também é capaz de detectar sinais do meio externo e, no caso das células vegetais, ela faz a coordenação da síntese e do agrupamento das microfibrilas da parede da célula.

Formas de transporte na membrana plasmática

conceito de membrana
Há o transporte ativo e o passivo de substâncias por meio da membrana plasmática

Como citado, a membrana plástica é a responsável por selecionar e fazer o transporte de substâncias que podem entrar na célula. Desse modo ela acaba sendo fundamental para o metabolismo que ocorre nas células. E o transporte das substâncias por ela pode ser passivo ou pode ser ativo.

No transporte passivo, a condução de uma substância por meio da membrana acontece de uma região onde essa encontra-se mais concentrada até uma onde ela encontra-se com menos concentração. E em tal processo, onde a célula não gasta energia, um exemplo comum é a osmose.

Enquanto isso, no transporte ativo, o envio de uma substância por meio da membrana acontece de uma região onde a mesma está menos concentrada até uma região onde ela está mais concentrada. E aqui, sim, a célula gasta energia e há a necessidade de intervenção das proteínas de transporte. A bomba de sódio e potássio é um dos principais exemplos no que diz respeito ao transporte ativo.

Resposta imunológica

Para que o corpo consiga atuar realizando a defesa do corpo contra agentes nocivos, por meio da resposta imunológica, é preciso que sejam reconhecidas as proteínas de membrana plasmática nas células.

Cabe dizer que todas as células contam com algum tipo de defesa na membrana para barrar a entrada de vírus ou de ataque das bactérias. Mas algumas que se destacam aqui são as do sistema imunológico (as células macrófagos), que trazem proteínas de membrana que possuem a capacidade de detectar invasores. E assim o corpo possui as defesas que precisa contra agentes nocivos, contra alergias, respondendo também a implantes.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (29 de Agosto de 2012). Conceito de membrana. Conceito.de. https://conceito.de/membrana