Conceito.de

Conceito de memorando

Memorando é uma palavra de origem latina, que significa “que deve ser lembrado; digno de memória”. O conceito tem várias definições e usos, de acordo com o Dicionário da Língua Portuguesa da Porto Editora

Um memorando é, na sua acepção básica, um relatório no qual é exposto algo que deve ser tido em conta para um(a) determinado(a) assunto ou ação. Também pode ser um bloco no qual se apontam as coisas que um indivíduo deve recordar.

No mundo diplomático, um memorando é uma comunicação menos solene do que a nota e o apontamento, que uma nação envia a outra sobre o estado de determinada questão. Geralmente, os memorandos diplomáticos não são assinados.

Por fim, também é um impresso usado no comércio para correspondências breves.

Do mesmo modo que o diário, o ensaio e a notícia, o memorando faz parte dos gêneros textuais gramaticais. E, da mesma forma que esses, ele tem um objetivo discursivo e compõe-se de distintos traços. E um desses traços é a objetividade do documento, sendo caracterizado por conter uma linguagem simples, precisa e também breve.

Assim, o memorando precisa sempre ser algo direto ao ponto e simples de entender para quem o lê. Uma recomendação é que as informações dispersas nele devem estar em no máximo uma página.

No Brasil, apesar do memorando não ser um dos gêneros textuais gramaticais cobrados em vestibulares, ainda assim ele pode ser cobrado em certas provas de concursos públicos.

Por outro lado, o termo memorando é frequentemente usado como sinônimo de ofício. Trata-se de um documento ou uma comunicação escrita (carta) de carácter oficial ou protocolar que utilizam as autoridades, sobre assuntos de interesse público. A função consiste em relacionar os órgãos administrativos de maior hierarquia.

Um ofício deste tipo é usado para comunicar disposições, consultas, ordens e relatórios. Também cumpre funções de convite, de congratulações/felicidades, de colaboração e de agradecimento, entre outras. O ofício conta com várias partes previamente estipuladas, como o cabeçalho, a numeração, o assunto, a referência e o corpo.

Tratando-se de um texto focado na comunicação que é existente no meio comercial, para aqueles que não convivem no dia a dia de empresas e instituições o termo pode ser desconhecido.

Esse tipo de documento costuma ser usado para a comunicação interna de uma instituição, empresa ou de órgãos públicos. Por isso esse documento também costuma ser chamado de “Comunicação Interna”. Mas existe ainda o memorando externo, documento que é geralmente enviado para outras empresas, mas esse tipo é pouco usado.

Ainda, é importante destacar que esse documento é focado em passar informações para funcionários, não para autoridades como o ofício ou a carta, por exemplo.

Resumidamente, a função de um memorando é transmitir informações para os funcionários de uma empresa de maneira direta e simples, sem toda uma burocracia. E um dos requisitos para isso é que as respostas devem ser realizadas no próprio documento, evitando assim muitos documentos.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

drone

O termo inglês “drone” chegou ao português como drone: uma aeronave que não tem tripulantes. Uma aeronave é um...

Conceito de

dragar

O verbo dragar refere-se ao uso de uma draga para limpar e aprofundar um rio, lago, canal ou outro corpo de água. A draga, por...

Conceito de

drástico

A etimologia de drástico nos leva a “drastikós”, palavra da língua grega. É um adjetivo que pode ser usado para...

Conceito de

quarto

O vocábulo latino “quartu” chegou ao português como quarto. Este é nome do aposento de uma casa que é usado...

Conceito de

dotação

A dotação é o ato e o resultado de dotar: outorgar, contribuir, equipar ou atribuir algo. Dotação é também o que ocorre...

Conceito de

dossiê

O termo dossiê, que vem de “dossier” francês, se refere a um relatório que coleta dados sobre um determinado...

Conceito de

dose

A etimologia de dose refere-se ao latim medieval, embora sua origem seja encontrada na palavra grega “dósis” (que...

Conceito de

dormir

O verbo dormir se refere ao que um ser humano ou animal faz quando está em um estado de repouso que implica a ausência de...

ARQUIVOS