Conceito.de

Conceito de menopausa

Menopausa deriva de um vocábulo grego que faz referência à cessação (paragem) natural da menstruação. A biologia, por outro lado, define-a como sendo o período da vida que antecede e segue a extinção da função genital.

A menopausa, por conseguinte, é mais uma etapa do processo de envelhecimento reprodutivo que se caracteriza pelo cessar permanente da menstruação (a expulsão de sangue pela vagina a partir do útero que caracteriza o início do ciclo sexual feminino).

Habitualmente, a menopausa inicia por volta dos 45 anos de idade. A partir de então, o ciclo menstrual perde regularidade devido a uma diminuição dos níveis de estrogénio e de progesterona. Convém destacar que a utilização de medicamentos contraconceptivos (como a pílula) e certos tipos de cirurgia (como a histerectomia e a ooforectomia) também podem provocar a menopausa.

O cessar da menstruação não é a única consequência da diminuição dos níveis de hormonas femininas. A menopausa também pode provocar sufocos ou calores, palpitações, enjoos e insónias. Por outro lado, as alterações metabólicas provocam um aumento da gordura corporal e a perda de massa óssea.

Juntamente com as mudanças físicas, a menopausa acarreta diversas alterações emocionais na mulher. O stress e a irritabilidade que se experimenta nesta etapa podem levar a pessoa a comer em abundância ou abusar do álcool.

Apesar de todos os inconvenientes que acarretam estas alterações, a concepção social sobre a menopausa foi mudando durante os últimos anos e o processo foi perdendo a sua carga negativa, aceitando-se como sendo mais uma etapa na vida da mulher sem que esta perda a sua plenitude.