Conceito.de

Conceito de meridiano

Meridiano é um termo que deriva do latim meridiānus e que se refere àquilo que pertence ou que é relativo à hora do meio-dia. Por extensão, o conceito é usado como adjetivo para mencionar algo que seja muito luminoso ou claríssimo.

Os meridianos, por outro lado, são os círculos máximos da esfera terrestre que passam pelos polos. Pode dizer-se que os meridianos são linhas imaginárias, que se utilizam para determinar o horário (ou o calendário).

O meridiano de base a partir do qual se medem as longitudes é o meridiano de Greenwich. Esta circunferência imaginária une os pólos pelo antigo observatório astronómico da cidade inglesa de Greenwich, o qual foi adoptado como referência em 1884.

De Norte a Sul, o meridiano de Greenwich atravessa o Reino Unido, a França, a Espanha, a Argélia, o Mali, o Burkina Faso, o Togo e o Gana.

O meridiano que passa pelo ponto em que se encontra um observador recebe o nome de meridiano local. Este meridiano pode dividir-se em duas semicircunferências pelo eixo de rotação da Terra: o meridiano superior (PM) e o meridiano inferior (AM).

O tempo solar é a medida de tempo que se baseia no movimento aparente do sol sobre o horizonte. Quando o sol passa pelo meridiano, alcança o seu ponto mais alto no céu, momento que define o meio-dia.

De acordo com estudiosos, foi Ptolomeu quem estabeleceu o primeiro meridiano, na região que hoje das Ilhas Canárias), tendo isso ocorrido no Século II e servido como uma referência longitudinal e também de limite no mundo conhecidos pelos europeus naquele período.

Mas houve ainda outro meridiano importante e listado como o primeiro que fora o meridiano francês, qual localizava-se na Ilha de Ferro, estando a cerca de 19º de Paris.

Contudo, houve uma certa confusão com os países, cada um, definindo um primeiro meridiano segundo as suas preferências, o que gerou confusão na geração de uma ordem em comum nos países. A exemplo disso pode-se citar os meridianos de Madri, Paris, Filadélfia, Londres, Brasil, entre outros.

E com tudo isso acontecendo, tornou-se cada vez mais urgente a criação de um meridiano universal (um primeiro) e que fosse padronizado para todos os países.

O presidente dos Estados Unidos em 1884 convocou representantes de todas as nações para uma reunião que aconteceu na cidade de Washington, o objetivo ali era a escolha do meridiano universal para, com isso, conseguir padronizar as horas (por meio de um fuso horário padrão) e o espaço em todo o mundo.

Já existia o Meridiano de Greenwich e o objetivo era fazer com que ele se tornasse o padrão universal. E assim aconteceu: no ano de 1884, o Meridiano de Greenwich foi escolhido como a linha universal, linha padrão, que faria a demarcação do primeiro meridiano no mundo inteiro, tendo: 180º para oeste e 180º para o leste.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

estrume

O primeiro significado de estrume mencionado pela Michaelis em seu Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa alude aos...

Conceito de

estiva

No âmbito da marinha, estiva é o processo que consiste em depositar, da forma mais conveniente, uma carga em uma embarcação....

Conceito de

estaca

Uma estaca é um pau com uma extremidade afiada. Graças a esta particularidade, é um elemento com diferentes utilizações, uma...

Conceito de

esquimó

Esquimó é o nome dado a um povo cujos membros residem na região ártica da América do Norte, Ásia e Groenlândia. De acordo...

Conceito de

arrepiante

O adjetivo arrepiante é usado para qualificar o que arrepia: ou seja, estremece, horroriza ou provoca espanto. O arrepiante gera...

Conceito de

estabelecer

O vocábulo latino “stabiliscĕre”, frequentativo de “stabilīre” que significa tornar estável. Este...

Conceito de

esqueleto

O termo grego “skeletós”, que pode traduzir-se como corpo ressequido, esqueleto chegou ao francês como...

Conceito de

esporádico

O vocábulo grego “sporadikós” que pode ser traduzido como disperso, chegou ao nosso idioma como esporádico....

ARQUIVOS