Conceito de ortopedia


Mai 17, 13

A ortopedia é a técnica que procura corrigir ou evitar as deformações do corpo humano através de exercícios corporais ou diversos aparelhos. Os aparelhos ortopédicos são chamados ortoses e são diferentes das próteses (que procuram substituir de forma artificial alguma parte do corpo que, por algum motivo, falta).

Dá-se o nome de técnico de ortopedia ao especialista que desenha, confecciona e toma as medidas necessárias para o desenvolvimento de ortoses e próteses. A utilização destes aparelhos é diagnosticada pelos médicos.

A traumatologia é outro conceito relacionado com a ortopedia. Este ramo da disciplina dedica-se ao tratamento de pacientes com traumatismos, fracturas ou deformidades de algum tipo.

A imobilização com férulas (talas), por exemplo, é uma técnica da traumatologia que remonta às origens da medicina. No século X, surgiu a implementação do gesso por impulso de médicos persas. A especialização da ortopedia começou a desenvolver-se no século XVIII para corrigir e prevenir as deformações.

Atribui-se ao Dr. Nicolas Andry de Boisregard a criação do emblema que, ainda hoje, identifica a ortopedia: uma árvore torcida que tenta ser corregida com a ajuda de um guia externo.

O primeiro instituto ortopédico terá sido criado por Jean-André Venel na Suíça para o tratamento das lesões esqueléticas (a nível dos ossos) nas crianças. Venel, por essa razão, é considerado o pai da ortopedia moderna e o inspirador dos centros ortopédicos da actualidade.

As bandagens, a colocação de férulas e gessos e as tracções, em conclusão, fazem parte das actividades da ortopedia.