Conceito de consolidação


Fev 23, 13

Consolidação, do latim consolidatĭo, é a acção e o efeito de consolidar ou de se consolidar (dar firmeza, segurança e solidez a algo). O conceito é frequente na economia, admitindo diversas acepções.

A consolidação de uma dívida consiste em converter uma dívida provisional numa dívida estável. O mecanismo implica tomar dinheiro emprestado para liquidar (pagar) as diversas dívidas pendentes. Deste modo, o devedor só terá uma única dívida com um mesmo organismo (a entidade que concedeu o empréstimo).

Este procedimento reúne o que antes eram várias dívidas num único pagamento mensal, uma característica que ajuda a reduzir os custos financeiros e a planificar a gestão do dinheiro. O pagamento que se faz mensalmente, por outro lado, acaba por ser inferior, embora se estenda por mais tempo.

A consolidação de uma companhia, por outro lado, é a integração dos vários balanços de empresas filiais num só balanço de uma sociedade-mãe. O processo pode implicar a transferência de activos. Com a consolidação, são agrupados estados financeiros de duas ou mais empresas que sejam juridicamente independentes.

Na linguagem quotidiana, a consolidação diz respeito a afiançar algo ou a voltar a juntar aquilo que se tinha por um momento de modo a ficar firme. Por exemplo: “A viagem foi tão perfeita que supôs a consolidação do nosso noivado”, “A mudança da Paula impediu a consolidação da amizade, uma vez que a
Ramona tinha de percorrer uma grande distância para a ir visitar”, “A consolidação deste projecto necessita do compromisso e dos esforços de todos”, “O Messi conseguiu a consolidação enquanto melhor jogador do mundo em 2009”.