Conceito.de

Conceito de Pangeia

Escutar o artigo

Pangeia era o nome dado para uma grande massa de terra continental, qual formava um único continente. Era ali onde todos os continentes do planeta Terra se encontravam aglutinados. O termo vem do grego, com “Pan” significando “todo”, e “Gea” ou “Geia” significando “terra”, desse modo, tem-se “toda a Terra”.

pangeia
A Pangeia formava um continente único

Também conhecida pelo nome de supercontinente, essa massa de terra continental era banhada por apenas um oceano, que era o Pantalassa. Esse oceano continha apenas um mar, o qual era chamado de Tethys, e esse circundava o leste da Pangeia.

A Pangeia formou-se até o final do chamado período Permiano, que foi entre 300 a 250 milhões de anos atrás, época em que o mesmo foi então dividido em continentes tal como se conhece hoje. A chamada de teoria da deriva continental, proposta por Alfred Wegener no século XX, foi a responsável por descrever a separação dos continentes.

O geofísico e meteorologista alemão Alfred Weneger publicou a sua teoria num livro onde descrevia as suas observações sobre a Pangeia. E a teoria de Weneger teve como base a observação da forma da América do Sul e África, que tinham linhas costeiras compondo um encaixe perfeito, que sugeririam que elas, em algum momento da história, já estiveram unidas.

Mas se crê que a Pangeia não teria sido o primeiro supercontinente que foi constituído na história geológica da Terra, ainda que o primeiro do qual se tenham evidências físicas, que foi a forma dos continentes, geológicas (a distribuição e organização de rochas) e também em relação a fósseis.

Como se deu a separação dos continentes

A superfície da Terra (denominada de “crosta”) é composta por muitas peças que podem se encaixar como se fossem partes de um quebra-cabeça, e a essas peças é dado o nome de placas tectônicas. Já os continentes se tratam das partes dessas placas que estão acima do nível do oceano.

Foi no ano de 1912 que Wegener propôs a teoria da deriva continental, que ainda ficou conhecida como teoria da separação dos continentes. E tal teoria dizia que as placas tectônicas se movem constantemente e que elas um dia estiveram ligadas aos continentes aglutinados num supercontinente conhecido como Pangeia.

E o supercontinente teria existido da configuração do planeta Terra qual se tem hoje, sendo que isso se deu em virtude da movimentação das placas tectônicas, com essas afastando-se por ocasião da deriva continental, o que gerou a separação dos continentes.

Quando aconteceu a separação por meio da Pangeia, ela resultou em dois grandes continentes, que foram: Gondwana e Norte Laurásia. E conta-se que essa separação tenha tido início no período em que surgiriam também os dinossauros, que foi chamado de período Triássico.

No século XX, a teoria da deriva continental foi retomada, tendo sido feito o aperfeiçoamento dos instrumentos de pesquisa, o que contribuiu para que fosse possível datar rochas e coletar e analisar águas profundas, por exemplo.

Mais sobre a teoria de Wegener

A teoria de Wegener foi além e ainda trouxe explicações que indicavam que muitas paisagens que existiam na América do Sul, Antártida, África, Índia e Austrália tinham continuidade, ou seja, como se esses continentes tivessem sido em algum momento interligados, tendo provas geomorfológicas e paleoclimáticas indicando isso. Além do que, Wegener teria encontrado também fósseis de répteis e de plantas similares nesses locais.

Mas, esse pesquisador ainda tinha outra teoria, que era o mecanismo que teria feito com que os continentes se movessem e se dividissem. Contudo, ele não foi capaz de provar a mesma a tempo, pois faleceu no ano de 1930.

Principais características

conceito de pangeia
A Pangeia é também conhecida como supercontinente

Uma das principais características da Pangeia era que ela tinha uma atmosfera com bastante definição. E isso se devia ao fato de que a mesma era rodeada por águas, o que fazia a temperatura costeira ali ser mais úmida e fresca.

Mas conforme se vai estando mais perto da parte interna do continente, então o clima torna-se mais quente e mais seco, com a existência de deserto ali ao centro.

Sobre a formação dos continentes Laurásia e Gondwana, isso teria acontecido quando se saia do do período Permiano para o Triássico, surgindo uma fissura que teria feito a Pangeia agora se dividir em duas partes, em dois continentes. Essa fissura originaria então também um novo oceano, que foi o Tethys.

Com a visão da Pangeia em hemisfério norte e hemisfério sul, ao norte se tinha a Laurásia, que compreendia a América do Norte, a Europa, a Ásia e o Ártico, já ao sul se tinha a Gondwana, compreendendo a África, a América do Sul, a Austrália e a Índia.

E a aproximadamente 65 milhões de anos atrás, a Laurásia e a Gondwana passaram a se dividir e deram origem aos continentes quais existem hoje. E ainda hoje muitos cientistas creem que esse processo ainda esteja acontecendo, logo, o planeta poderia mudar sua configuração novamente.

Citação

SOUSA, Priscila. (15 de Dezembro de 2022). Conceito de Pangeia. Conceito.de. https://conceito.de/pangeia