Conceito.de

Conceito de pária

O termo pária, que tem origem no português pária, refere-se ao sujeito que não desfruta dos mesmos benefícios ou direitos que outros. Um pária, por conseguinte, costuma ser considerado alguém inferior, embora o uso concreto do termo varie de acordo com o contexto.

Na Índia, um pária não faz parte de nenhuma das castas tradicionais. Também chamado delito, costumava ser discriminado e era evitado qualquer contato com ele, pertencendo à classe social mais baixa e sem ter nenhuma possibilidade de progresso. Atualmente, este grupo social só se encontra em certas regiões rurais, mas ainda é vítima de perseguições e ataques.

Os párias conquistaram mais reconhecimento por parte da sociedade indiana, contudo há ainda muito o que ser feito, ou seja, falta muito para que eles sejam integrados por completo. Existem muitas castas que seguem vendo os párias como inferiores, escórias da humanidade, algo que tem levado a muitas disputas sociais com violência.

As castas era como a sociedade indiana era dividida por milhares de anos e isso desde a sua origem mítica da criação por meio do responsável por essa divisão, o Brahma (considerado o criador do universo), dando origem a mais de 2000 castas por critérios como profissão ou também pelo território ao qual pertenciam.

Noutros âmbitos, conhece-se como pária a pessoa que está afastada das suas origens, seja da sua família, da sua pátria, etc. O pária, neste sentido, é um órfão (seja simbolicamente/em sentido figurado ou em sentido literal) ou alguém que não tem raízes.

Exemplos: “O gaúcho deambulou pelo deserto como pária durante oito longos meses”, “Quando faleceram os meus pais, saí do país e fui viver para a América Central como pária”.

Nas cadeias de certos países, o pária é o recluso que não recebe visitas familiares ou de amigos, pelo que se destaca o seu fecho em solidão. Os párias, por conseguinte, não recebem nenhuma ajuda do exterior e não tem acesso a cartões telefónicos, cigarros, abrigo e outros objetos.

Os párias nas prisões costumam ser maltratados e, quase como acontece com a dita casta índia, sofrem a discriminação por parte dos outros detidos.

Há ainda o que se denomina “Estado pária” que se trata de uma nação que possui uma conduta fora das normas consideradas padrões internacionalmente no quesito comportamental, seja por uma parte ou por toda uma comunidade internacional, por exemplo.

A nação considerada como Estado pária costuma sofrer ataques militares ou mesmo sanções, por exemplo, de países que vejam nesse comportamento algo inaceitável, sendo que em muitos casos esse é considerado como um estado que cultiva a vilania.

E alguns que foram considerados como estados párias (e muitos dos quais ainda o são assim considerados) são: Venezuela, Geórgia, Abecásia, Uganda, Síria, entre outros.

O termo costuma surgir também antecedendo outros, a fim de caracterizar algo nesse sentido, tal como, por exemplo, “pária ambiental” que costuma ser usado para descrever países que encontram-se com sérios problemas no que diz respeito aos seus recursos ambientais. Por exemplo: “aquele país será considerado pária ambiental caso seus governantes não tomem as devidas medidas para a preservação ambiental.