Conceito.de

Conceito de patogenia

Patogenia é um ramo da patologia que se dedica a analisar a origem de um estado morboso. A sua finalidade é estudar os acontecimentos que se desencadeiam a partir da acção de um factor etiológico e que chegam até à manifestação da doença.

Digamos que uma pessoa acorde com dor de estômago, então ela fica a amanhã inteira no banheiro sofrendo com dor e evacuando. E ela pensa que pode ter sido a pizza que comeu na noite anterior. O dia passa e ela sente-se melhor, não vai ao médico. Mas ela fosse descobriria que, na realidade, não foi a pizza que a deixou assim, mas o hambúrguer que comeu há 2 dias. E a descoberta disso é feita pelo médico através do a patogenia.

Igualmente conhecida como nosogenia, a patogenia investiga o surgimento e o desenvolvimento das afecções. Graças à patogenia, é possível conhecer a etiologia do mal-estar (isto é, a sua origem) e compreender porque se produzem os sintomas que evidencia o paciente. A patogenia complementa-se com a fisiopatologia, orientada especificamente para o modo de funcionar do organismo ao desenvolver-se o problema de saúde.

A patogenia, também conhecida como patogênese, é um dos ramos da patologia (o estudo das doenças). E ela não somente estuda o desenvolvimento das doenças, como também as suas origens.

Ela descreve quando os agentes etiopatogênicos agridem o organismo e a reação do sistema natural de defesa diante disso. O que, ainda assim, provoca alterações nas células e tecidos devido as lesões e faz com que surja a doença.

Tal processo inclui três elementos: o agente patogênico responsável por te deixar doente (aqui entra em ação a etiologia), o meio por onde foi infectado por ele e o que ocorreu com as células do seu corpo quando esse agente o invadiu.

Falando sobre a citada etiologia, ela trata-se do estudo das causas de uma enfermidade e possui relação com a patogenia. Mas é importante não confundir ambas. Pois enquanto a etiologia foca nos agentes patogênicos (responsáveis por causar a doença), a patogenia foca no processo de desenvolvimento da doença ou como esse agente agride o organismo para causa-la.

Tais agentes patogênicos podem ser bactérias, fungos, parasitas e vírus. Os quais podem ser transmitidos pelo ar, pelo contato ou também através da comida, como no exemplo que mostramos anteriormente aqui.

Aquilo que faz a patogenia, em suma, é estudar o processo que leva a certos fatores de tipo mórbido a exercer uma influência sobre o corpo de uma pessoa, ocasionando aquilo que conhecemos como enfermidade/doença. Para abordar a patogenia, é possível centrar-se no apartado funcional (a fisiopatologia) ou nas questões morfológicas (a patologia no seu sentido mais amplo).

É importante destacar que cada doença tem a sua própria patogenia. A psoríase, a tuberculose, a diverticulose e a sífilis, só para citar alguns exemplos, são transtornos que se desencadeiam por diferentes motivos, os quais podem ser estudados segundo a sua patogenia.

As doenças que afetam os animais e que são investigadas e tratadas pelos veterinários também têm a sua patogenia. No caso da veterinária, a noção tem o mesmo alcance que na medicina, vinculado à origem e ao desenvolvimento do transtorno.

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

estrume

O primeiro significado de estrume mencionado pela Michaelis em seu Dicionário Brasileiro da Língua Portuguesa alude aos...

Conceito de

estiva

No âmbito da marinha, estiva é o processo que consiste em depositar, da forma mais conveniente, uma carga em uma embarcação....

Conceito de

estaca

Uma estaca é um pau com uma extremidade afiada. Graças a esta particularidade, é um elemento com diferentes utilizações, uma...

Conceito de

esquimó

Esquimó é o nome dado a um povo cujos membros residem na região ártica da América do Norte, Ásia e Groenlândia. De acordo...

Conceito de

arrepiante

O adjetivo arrepiante é usado para qualificar o que arrepia: ou seja, estremece, horroriza ou provoca espanto. O arrepiante gera...

Conceito de

estabelecer

O vocábulo latino “stabiliscĕre”, frequentativo de “stabilīre” que significa tornar estável. Este...

Conceito de

esqueleto

O termo grego “skeletós”, que pode traduzir-se como corpo ressequido, esqueleto chegou ao francês como...

Conceito de

esporádico

O vocábulo grego “sporadikós” que pode ser traduzido como disperso, chegou ao nosso idioma como esporádico....

ARQUIVOS