Conceito de patrulhamento


Fev 14, 15

O processo e o resultado de patrulhar recebe a designação de patrulhamento. Patrulhar, por sua vez, consiste em percorrer uma determinada zona, em geral para evitar que se cometam delitos ou que se produzam feitos com consequências negativas.

Exemplo: “Desde que o presidente dispôs do patrulhamento nocturno, os delitos diminuíram cerca de 21%”, O patrulhamento da fronteira não impede que imigrantes ilegais continuem a entrar no nosso território”, “Vou encarregar-me, com o pai do Adriano, de realizar patrulhamentos durante a noite para que as crianças não se descontrolem e a festa decorra em paz”.

É frequente os patrulhamentos resultarem de uma decisão das autoridades do Estado para controlar uma região. A polícia costuma ser uma força de segurança que realiza patrulhamentos de forma quotidiana nas cidades, com o objectivo de dissuadir a vontade de cometer delitos e de apanhar aqueles que, efectivamente, cometeram ou estão a cometer um acto ilícito.

A Polícia Marítima (em Portugal) é outra força que costuma realizar patrulhamentos. Neste caso, por sua própria missão, a Polícia Marítima costuma patrulhar a linha costeira para garantir a segurança na água e nas praias. O patrulhamento, deste modo, decorrer numa embarcação. Mas há ainda a GNR ou a BT (brigada de trânsito).

Os patrulhamentos também são frequentes nas fronteiras. Um país pode ordenar um patrulhamento dos seus limites para evitar que entrem no seu território pessoas sem a autorização e os documentos necessários, bem como também para impedir que saiam mercadorias ilegais (produtos de contrabando, drogas, etc.) do interior da nação.