Conceito.de

Conceito de pedagogia crítica

Escutar o artigo

O conceito de pedagogia deriva do vocábulo grego antigo paidagogós, composto por paidos (“criança”) e gogia (“levar” ou “conduzir”). Inicialmente, o termo referia-se ao escravo que acompanhava as crianças à escola.

pedagogia crítica
Pessoa olhando quadro negro e pensando

Com o passar do tempo, a pedagogia passou a dizer respeito ao conjunto de saberes que trata da educação e do ensino. Alguns consideram que a pedagogia é uma ciência aplicada de carácter psicossocial, enquanto outros acham que se trata de um saber ou de uma arte.

Existem diferentes tipos de pedagogia, como a pedagogia geral (relacionada com questões universais da investigação e da ação sobre a educação), as pedagogias específicas (que sistematizam um corpo específico do conhecimento de acordo com as diferentes realidades históricas), a pedagogia tradicional e a pedagogia contemporânea.

A pedagogia crítica é, pela parte que lhe toca, uma abordagem de ensino que incita os estudantes a questionarem e a desafiarem as crenças e práticas que lhes são ensinadas. Consiste num grupo de teorias e de práticas para promover a consciência crítica.

No âmbito da pedagogia crítica, o professor faz por guiar os alunos para que estes ponham em causa as práticas que são consideradas repressivas, dando origem a respostas libertadoras a nível individual e coletivo.

O primeiro passo da pedagogia crítica consiste em conseguir que o estudante se questione a si mesmo enquanto membro de um processo social (que inclui as normas culturais, a identidade nacional e a religião, por exemplo). Depois disso, o aluno apercebe-se de que a sociedade é imperfeita e é incentivado a transmitir e a partilhar esse conhecimento para modificar a realidade social.

Exemplo de como a pedagogia crítica atua

Ao invés de mostrar uma forma de ensino autoritária, a pedagogia crítica estimula os discentes a questionarem as ideias, crenças e práticas que lhe são impostas por outras pessoas ou grupos.

Estudiosos como Henry Giroux, Ira Shor, Michel Apple e Paulo Freire apoiaram essa forma de ensinar que foca no diálogo e na troca de saberes. Assim sendo, o aprendizado se constrói por meio de uma troca e também no respeitar da cultura e crença de cada indivíduo.

Se há um homem que trabalha no campo e esse passa a estudar para aprender a ler e a escrever, então a pedagogia crítica crê que nesse processo ele aprenderá, mas quem o instruirá também estará aprendendo com esse homem que trabalha no campo, pois ele tem experiência de vida, ou seja, ele possui algo que agregar para outras pessoas.

Influências na pedagogia crítica

A pedagogia crítica tem como embasamento a ciência social crítica, se fundamentando também nas ideias do filósofo, político e pensador marxista italiano Antonio Gramsci. E tempos depois essas ideais passaram a ser discutidas na América Latina, com o brasileiro Paulo Freire sendo reconhecido como um dos principais influenciadores desse ramo da pedagogia no século XX.

Os objetivos dessa ramificação da pedagogia

Conceito pedagogia crítica
Mão escrevendo num quadro e pessoas ao fundo observando

O principal objetivo da pedagogia crítica é construir uma sociedade que seja mais justa e humana. Nisso, ela busca constantemente conseguir um equilíbrio entre teoria e prática, a fim de instigar nos estudantes um pensamento crítico. Ela é descrita também como uma pedagogia que está concentrada num método dialético de ensino.

Posto isso, essa ramificação da pedagogia começa com a experiência prática dos discentes, aproveitando-a para que seja uma auxiliadora no desenvolvimento de sua compreensão crítica, científica e também estrutural da sua vida, comparada a vida de outras pessoas. Ela pedagogia crítica também auxilia o aluno para que o mesmo desenvolva uma compreensão crítica das mediações institucionais, sociais e culturais e que formam a estrutura dessas relações.

Tendo isso em consideração, então o papel do professor não é mais apenas apresentar aos alunos respostas e saberes preestabelecidos, mas ele atuaria estimulando os alunos a questionarem e a problematizarem as injustiças sociais que há.

A pedagogia crítica assume que o processo educativo trata-se de uma ação cultural e que isso é essencial para que haja uma mudança na sociedade, alcançando uma sociedade que seja composta por seres humanos livres.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (12 de Fevereiro de 2012). Conceito de pedagogia crítica. Conceito.de. https://conceito.de/pedagogia-critica