Conceito.de

Conceito de crítica literária

A ideia de crítica tem vários usos. Desta vez, importa-nos a sua acepção relacionado com o juízo que se emite relativamente a uma obra ou a um espectáculo. Literário, por sua vez, é aquilo que diz respeito à literatura: a arte que consiste na expressão verbal.

A crítica literária, por conseguinte, consiste na análise valorativa das obras da literatura (obras, contos, poemas, etc.). O conceito é usado referentemente ao artigo jornalístico ou ao discurso mediático que se realiza acerca de uma destas obras, destacando os seus aspectos positivos e as suas características negativas dependendo da opinião do crítico em questão.

A linguística, a retórica e a estética são alguns dos aspectos que considera a crítica literária na hora de valorizar as obras. Existem críticas literárias baseadas no rigor metodológico e outras mais focadas na subjectividade.

Pode dizer-se que a crítica literária analisa e expõe: realiza um estudo das características dos textos para depois divulgar os seus acertos e as suas falhas. O resultado supõe a valorização positiva ou negativa das obras.

É importante salientar que a crítica literária deve fundamentar as suas afirmações. Não se trata de defender que um livro é bom só “porque sim”, mas o crítico deve desenvolver os motivos que o levaram a estimar dessa forma o trabalho literário.

Ao longo da história, importantes escritores enveredaram na área da crítica literária. Entre eles podemos designar o Mexicano Alfonso Reyes, o Francês Paul Valéry, o Italiano Benedetto Croce e o Alemão Walter Benjamin.