Conceito.de

Conceito de análise

Uma análise é a distinção e a separação das partes de um todo com vista a conhecer os respectivos princípios ou elementos. Também se trata de um exame que se faz de uma obra, de um escrito ou de qualquer realidade susceptível de estudo intelectual, e de um tratamento psicanalítico.

Por outro lado, uma análise pode ser um estudo dos limites, das características e das possíveis soluções de um problema ao qual é aplicado um tratamento por computador.

Sempre que se fala de análise clínica, faz-se referência a um exame qualitativo e quantitativo de certos componentes ou substâncias do organismo de acordo com métodos especializados, com o propósito de elaborar um diagnóstico.

Por outro lado, pode-se distinguir a análise qualitativa da quantitativa. A análise qualitativa é aquela que visa descobrir e isolar os elementos ou ingredientes de um corpo composto. A análise quantitativa, em contrapartida, é usada para determinar a quantidade de cada elemento ou ingrediente.

Entre muitos outros tipos de análise, cabe destacar a dimensional (um método que analisa as dimensões das magnitudes físicas e que permite estabelecer relações de forma directa, as quais intervêm num processo), a espectral (método de análise químico mediante técnicas espectroscópicas), a factorial (método estatístico destinado a quantificar a importância de cada um dos factores que actuam num determinado fenómeno), a bolsista (visa estudar o comportamento dos mercados financeiros e dos valores que os constituem) e a transaccional (sistema de psicoterapia individual e social que se engloba na psicologia humanista).