Conceito.de

Conceito de pirotecnia

A pirotecnia é um produto concebido para produzir fogo-de-artifício, fumo, e outros fenómenos. O termo também é usado em referência à técnica que permite criar estes produtos e a fábrica destinada à sua elaboração.

Exemplos: “A festa concluirá com um espectáculo de pirotecnia”, “O governo estuda proibir o uso de pirotecnia para prevenir acidentes”, “A banda norte-americana trouxe para o país mais de uma tonelada de pirotecnia para o desfecho do espectáculo”, “Recomendo aos pais que não incentivem o uso de pirotecnia entre as crianças”.

O objectivo da pirotecnia é que, ao acender, produza uma reacção controlada de tipo explosivo que tenha um resultado atractivo. A pirotecnia, que se pode conhecer como fogos artificiais, é utiliza em festivais, festejos e eventos de distinto tipo. A intenção é que as pessoas levantem a vista para o céu e observe como se produzem estalidos com luzes de cores, etc.

Existem diferentes tipos de pirotecnia que se usam com fins lúdicos. Os produtos mais potentes tendem a ser operados por profissionais devido aos riscos que implicam. Outros produtos, por sua vez, são vendidos ao público em geral. Em vários países, as pessoas compram pirotecnia para celebrar o Natal e o Ano Novo.

Porém, é importante ter em conta que manipular pirotecnia é sempre arriscado. As reacções explosivas que geram podem causar desde uma queimadura menor na pele até um incêndio ou um estalido. Isto leva a que, seja por imprudência ou por um acidente, muitas pessoas acabem num hospital depois de pretender celebrar uma festa com pirotecnia.

Citação

Equipe editorial de Conceito.de. (25 de Outubro de 2014). Conceito de pirotecnia. Conceito.de. https://conceito.de/pirotecnia