Conceito.de

Conceito de pregnância

A pregnância é uma qualidade que possuem as figuras que se podem captar através do sentido da visão. Essa qualidade está vinculada à forma, à cor, textura e outras características que fazem que a pessoa que observa a possa captar de forma mais rápida e simples.

Quanto maior a pregnância, maior é a facilidade com que o ser humano capta a figura. Isto significa que, entre 3 ou 4 figuras, aquela que tiver maior pregnância é aquela que consegue chamar em primeiro a atenção.

Suponhamos que nos encontramos com cinco almofadas redondas sobre um sofá. Quatro delas são brancos e outra, de cor vermelha. A vermelha será a primeira a captar a nossa atenção e, por conseguinte, a mais pregnante das cinco.

Algo semelhante acontecerá se, numa parede, estiverem pendurados 8 quadros. Sete deles medem 15 x 15 centímetros, ao passo que os restantes medem 40 x 40 centímetros. Este último quadro, graças às suas características visuais, será aquele que tiver maior pregnância.

A ideia de pregnância é sustentada em diversas propriedades, como a ordem, a simetria e a coerência na estrutura da figura. As figuras com maior pregnância têm uma grande capacidade comunicativa, uma vez que se transmitem com velocidade e se conseguem fixar no observador.

Pregnância também pode ser traduzido como algo que possui uma forte impressão ou também como a qualidade de alguém que transmite uma forte impressão.

A pregnância também é uma das leis que fazem parte da doutrina da Gestalt, uma vez que este movimento afirma que a experiência que deriva da percepção costuma adotar a forma que é mais simples.

Nesse caso nós temos o que é conhecido como “pregnância da forma”. Nesse sentido, ela pode ser definida como o princípio fundamental da percepção visual no que diz respeito a Gestalt. E aqui é dito que antes de enxergarmos e nos atentarmos a cada um dos elementos, nós percebemos a composição visual como um todo. Desse modo, se uma figura é simples, fica mais fácil de conseguir compreendê-la, já aquelas que são mais complexas demandam mais tempo para que seja feita essa compreensão.

Logo, podemos concluir que a pregnância da forma é o quão legível uma figura é, qual o grau de dificuldade que há para que uma figura seja interpretada.

Uma outra coisa muito importante sobre a pregnância da forma é que ela dependerá do conhecimento de cada pessoa, por exemplo: pode existir uma figura que represente algum personagem de algum filme ou série e uma pessoa consiga interpretar por conhecer sobre aquilo, mas outra pessoa não conseguirá fazer isso, pois não conhece aquele personagem. Em outras palavras, aquela figura poderá não ter sentido para uma pessoa e para outra pessoa sim, mesmo que essa figura seja simples.

Ainda, é importante mencionar que a pregnância é objeto de estudo da psicologia (no que diz respeito a teoria da forma), mas é também algo que pode ser aplicado em outras áreas como a do design web, por exemplo.

 

ÚLTIMAS DEFINIÇÕES

Conceito de

entorse

Uma entorse é uma lesão que ocorre quando uma articulação ou ligamento é torcido ou esticado de forma abrupta e excessiva,...

Conceito de

esforço

O conceito de esforço é usado com referência ao uso intenso de força, vigor ou mente para atingir um objetivo ou superar...

Conceito de

esfera

A etimologia de esfera nos leva ao latim “sphaera”, derivado da palavra grega “sphaĩra”. O conceito é...

Conceito de

escama

O termo escama, procedente do vocábulo latino “sqama”, refere-se a uma lâmina epidérmica ou dérmica que cobre,...

Conceito de

essencial

O adjetivo essencial provém do vocábulo latino “essentiāle”. O conceito refere-se ao que está ligado à...

Conceito de

esquadrinhar

Esquadrinhar é o desenvolvimento de uma análise ou um exame detalhado de algo, buscando compreender seu funcionamento ou suas...

Conceito de

escolástica

O vocábulo grego “skholastiké” (da escola) chegou ao latim como “scholastĭca” e derivou em nosso...

Conceito de

escafandro

O inventor, matemático e religioso francês Jean-Baptiste de La Chapelle (1710-1792) cunhou o termo “scaphandre”...

ARQUIVOS