Conceito.de

Conceito de pretexto

Pretexto é uma noção cuja etimologia nos remete para praetextus, um vocábulo do latim. Um pretexto é um argumento ou uma razão que se esgrime para justificar uma acção ou para explicar porque não se realizou algo. Às vezes, o pretexto é aquele que se anuncia como motivo, mas que, na realidade, oculta outra motivação que não se difunde.

Exemplos: “Diz-me a verdade, não quero pretextos: porque chamaste a Delfina?”, “Com o pretexto de defender a democracia foram cometidos crimes terríveis”, “Já não há mais pretextos para este governo: deve cumprir aquilo que prometeu na sua campanha”.

O uso mais habitual do conceito associa o pretexto a uma desculpa. As autoridades num país podem espiar as comunicações dos respectivos cidadãos, afirmando que essas acções são levadas a cabo para melhorar a segurança nacional e para evitar possíveis atentados terroristas. Porém, para a oposição, esse argumento é um pretexto para controlar as pessoas e perseguir aqueles que não estejam de acordo com o governo.

No âmbito do desporto, o treinador de uma equipa pode justificar uma derrota pela ausência de vários dos seus jogadores por causa de lesões. Algumas pessoas, no entanto, podem pensar que isso é apenas um pretexto para não aceitar o baixo rendimento do conjunto.

Em certos contextos, pode-se dizer que uma determinada celebração é um pretexto para vender produtos e para realizar actividades comerciais.